fbpx

Leão em pedra da Filstone inaugurado no estádio do Sporting CP

Em Desporto

Um leão em pedra natural Filstone foi inaugurado junto ao Estádio José de Alvalade, em Lisboa, a propósito do 114.º aniversário do Sporting Clube de Portugal (SCP), celebrado a 1 de Julho. O leão, esculpido a partir de um bloco de rocha calcária com cerca de 60 toneladas, é da autoria de Cláudio Monteiro, escultor da Filstone, empresa de Alcanede, concelho de Santarém.

O dia em que o clube leonino festejou 114 anos ficou também marcado pela entrega simbólica de um brasão histórico do Clube ao administrador da Filstone, Ricardo Jorge. A peça, que faz parte do espólio do Museu do Sporting, foi encontrada nas escavações da ‘Bancada Nova’ do antigo Estádio José Alvalade, em 1983, e está agora apadrinhada pela Filstone.

“Este é o dia em que todos os Sportinguistas estão de parabéns, estamos a festejar 114 anos de história, glória e muito amor por este Clube. Esta obra merecia uma cerimónia aberta aos Sócios mas, devido às circunstâncias que vivemos, não foi possível. Conseguimos, juntamente com a Filstone, tanto para o Estádio como para a Academia, dois belos Leões, com força, jovens, com ambição, vitalidade e coragem. (…) Esta é uma obra que os Sportinguistas merecem e que esta Praça merece”, considerou Frederico Varandas.

“Este é um dia muito emotivo para mim, estavam aqui guardadas algumas surpresas para a Filstone. Estou muito sensibilizado com estas surpresas todas. Espero que esta obra venha dar sorte ao Sporting CP e, de alguma maneira, ajude o Clube ao trazer-nos mais vitórias”, referiu Ricardo Jorge, CEO da Filstone e adepto confesso do emblema Leonino.

Leave a Reply

Recentes de Desporto

Ir para Início
%d bloggers like this: