fbpx

Militares da GNR feridos em acidente na A1 estão em estado crítico no Hospital de Santarém

Em Sociedade

Estão em estado crítico os dois militares da GNR que sofreram graves ferimentos, na sequência da colisão de um automóvel com o carro-patrulha, na Autoestrada 1 (A1), no sentido Norte-Sul, entre o nó de Torres Novas e a área de serviço de Santarém.

Recorde-se que a violenta colisão entre um automóvel e o carro-patrulha da GNR, ocorrida pelas 11h36 desta terça-feira na A1, junto ao quilómetro 85, no sentido Norte-Sul, causou cinco feridos. O acidente deu-se com o carro patrulha parado na via a assinalar a realização de trabalhos na berma, tendo o automóvel embatido nas traseiras da viatura.

Os dois militares do Destacamento de Trânsito de Santarém da GNR, um homem e uma mulher de 28 e 30 anos de idade, estão em estado crítico, enquanto os três ocupantes da viatura civil sofreram ferimentos ligeiros.

O homem encontra-se internado na unidade de cuidados intensivos do Hospital de Santarém, em estado de coma, com prognóstico reservado. A mulher encontra também em estado crítico, com prognóstico reservado.

3 Comments

Leave a Reply

Recentes de Sociedade

Ir para Início
%d bloggers like this: