Águas do Vale do Tejo investe 1,6 milhões em Tomar

Em Região

A Águas do Vale do Tejo vai proceder à consignação, no dia 13 de julho, da empreitada de abastecimento à Mendacha a partir da EPAL (reservatório da Choromela). A obra, com um prazo de execução de 365 dias, foi adjudicada pelo valor de 1,6 milhões de euros à empresa Aquino e Construções, SA.

O investimento em causa, que abrange vertentes de abastecimento e de saneamento no Município de Tomar, irá beneficiar cerca de 25 mil habitantes do municipio, servidos pelos Subsistemas da Mendacha e Pedreira.

Segundo a empresa, no que respeita ao abastecimento, o presente investimento irá melhorar a fiabilidade do serviço e a qualidade da água abastecida, passando o abastecimento às povoações  do subsistema da Mendacha a ser feito pela água proveniente do sistema de abastecimento da EPAL, a partir do reservatório da Chorumela.

No saneamento, com a construção do sistema elevatório da Pedreira ficará assegurada a ligação da rede já existente, do Município, à ETAR da Pedreira, o que permitirá que os efluentes da povoação em causa recebam um tratamento adequado.

Em comunicado, a empresa afirma que este investimento reflete o compromisso da Águas do Vale do Tejo e da EPAL na melhoria da qualidade de vida das populações e do Ambiente, e permitirá dar cumprimento às medidas impostas pela Agência Portuguesa do Ambiente para o cumprimento dos Planos de Gestão de Bacia Hidrográficas 2017-2020 (Região hidrográfica 5 – Tejo e Ribeiras do Oeste).

A Águas do Vale do Tejo refere que atendendo ao contexto de pandemia, a obra irá decorrer de acordo com as medidas de prevenção, proteção e segurança aplicáveis, tendo por base as medidas previstas no Plano de contingência da EPAL e diretrizes vigentes a nível nacional.

Leave a Reply