fbpx

Deputado Hugo Costa questiona sobre medidas para Turismo, Comércio, Indústria e Transição Digital

Em Empresas

O deputado do PS eleito por Santarém, Hugo Costa participou, a 7 de julho, na audição regimental do Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira colocando questões sobre as medidas que estão previstas para os sectores do Turismo, Comércio, Indústria e Transição Digital. 
“O choque económico de uma pandemia é claro e é preciso que a resposta económica seja alicerçada na confiança, obviamente, sem descurar a saúde. Saúde e Economia nunca podem estar dissociados. Por isso, é importante desenvolver medidas que neste contexto coloquem a confiança em primeiro lugar”, começou por referir na sua interlocução, acrescentando que “ninguém pode ficar para trás neste caminho”.
Nesse sentido, o deputado do PS de Santarém,  salientou que tanto o Orçamento Suplementar como o Plano de Estabilização Económico Social vão nesse caminho da igualdade. “É importante garantir a liquidez, o financiamento da Economia e que as pequenas empresas tenham capacidade para responder a esta crise, garantido o emprego”, disse, reforçando que medidas como o lay off simplificado “permitiram que o desemprego não aumentasse ainda mais” mas que as empresas também precisam de capital para continuarem investir.. 

Em relação ao sector do Turismo, englobando a hotelaria e a restauração, considerou que o mesmo é essencial na economia e nas exportações, sublinhando que deve ser feita uma aposta no mercado nacional e naqueles que são os mercados de proximidade, questionando o Ministro sobre a aposta que está a ser feita neste sector, que necessita ainda de mais  respostas excepcionais.
Hugo Costa também questionou o Ministro sobre o que está a ser feito no sector do Comércio, outro importante mercado de proximidade, sublinhando o trabalho dos empresários deste sector. “Gostaria de questionar sobre medidas que estejam previstas para o comércio. Sabemos que existe uma estratégia para modernização do comércio, que existe um programa que visa a informatização e a transição digital no comércio e o  programa ADAPTAR 2.0 mas gostaria de questionar que outras medidas podem ser colocadas” em consonância com as já existentes.
Quanto à Indústria salientou que “muitas empresas conseguiram adaptar-se às circunstâncias da pandemia”, questionando como está o sector industrial, de um ponto de vista geral. “Acreditamos que a indústria é muito importante, nomeadamente quando sentimos que é necessária uma reindustrialização do país e na Europa”, disse. 
Hugo Costa terminou a sua intervenção mencionando o sector da Transição Digital, Hugo Costa considerou que a mesma é crucial nos dias em que vivemos, sendo que a pandemia mostrou ainda mais a sua importância. “Percebemos que as desigualdades se tornaram mais relevantes”, referiu, relembrando o projecto de resolução do Grupo Parlamentar do PS entregue sobre a criação de uma tarifa social de internet e que é crucial para que  também os mais desfavorecidas tenham acesso às plataformas digitais.  

Leave a Reply

Recentes de Empresas

Ir para Início
%d bloggers like this: