fbpx

Reclamações – Águas de Santarém “surpreendem” consumidores com contas agravadas

Em Região

Muitas têm sido as reclamações dos consumidores de Santarém face aos valores de faturação com que foram surpreendidos pela empresa.

Enquanto as famílias de todos os outros concelhos à volta – abastecidos pela Águas do Ribatejo – beneficiaram de apoios face ao impacto da pandemia, em Santarém, em Santarém, a empresa municipal “surpreendeu os consumidores com a faturação dos meses de maio e junho, pelo acréscimo de valor relativamente à faturação do mês anterior”.

Em comunicado publicado no site da empresa municipal, a Águas de Sanatrém refere que “suspendeu as leituras de contadores com especial incidência nos meses de março e abril. Assim, apenas os consumidores que nos forneceram as leituras tiveram a faturação em função de consumos reais. Já todos os demais consumidores tiveram faturação por estimativa, que corresponde à média das duas últimas leituras reais, pelo que o período de referência foi de meses de inverno, onde existe menor consumo de água”.

O problema é que após “serem retomadas as leituras, as faturações espelham o consumo real, necessariamente agravado pela situação de confinamento que motivou um acréscimo generalizado e muito acentuado do consumo doméstico, uma vez que as famílias passaram a totalidade ou a maioria do seu tempo na sua habitação”.

Com todos estes acréscimos, somados às alcavalas, não admira que as contas tenham “surpreendido” os consumidores, como admite a empresa, explicando no comunicado que “os aumentos nos valores das faturas são consequência, exclusivamente, do acima descrito, pois as faturas de maio e junho contém os acertos das faturas anteriores de consumo estimado”.

Sobre o facto dos aumentos de consumo agora faturados fazerem aumentar os escalões e as respetivas alcavalas, a empresa afirma que este “acerto das estimativas não implica um aumento nos escalões do tarifário, sendo os mesmos calculados tendo em atenção os meses a que se reporta o consumo real. Ou seja, os limites máximos de consumo por escalão foram ajustados ao período da faturação em causa”.

O comunicado refere que “considerando o impacto que estas faturas podem ter nos orçamentos familiares, o Conselho de Administração das Águas de Santarém decidiu facilitar o pagamento das faturas de maio e junho em prestações, sem aplicação de qualquer acréscimo de juros de mora ou outro encargo, podendo os consumidores, a requerimento, pagar o respetivo valor, mensal e sucessivamente até dezembro de 2020″.

Para tal os consumidores devem ligar para o telefone 243 30 50 50 ou via email para o endereço geral@aguasdesantarem.pt, sem necessidade de deslocação dos consumidores ao atendimento.

Leave a Reply

Recentes de Região

Ir para Início
%d bloggers like this: