fbpx

Alverca sob alerta de poluição por ozono

Em Saúde

Em cumprimento do Decreto-Lei n.º 102/2010, relativo à avaliação e gestão da qualidade do ar, a CCDRLVT lançou este sábado o aviso de que foi ultrapassado, na estação de monitorização da qualidade do ar da CCDR, o valor de concentração de ozono de 180 µg/m³ (microgramas por metro cúbico), definido como limiar de informação para este poluente. Esta situação verificou-se na estação de Alverca, das 13h00 às 14h00, com um valor de 199 µg/m³.

Para os valores de concentração observados, o ozono pode provocar alguns efeitos na saúde humana, especialmente em grupos da população mais sensíveis tais como crianças; idosos; asmáticos; indivíduos com outras doenças respiratórias ou cardíacas.

A exposição a este poluente afeta, essencialmente, as mucosas oculares e respiratórias podendo o seu efeito manifestar-se através de sintomas como tosse, dores de cabeça, dores no peito, falta de ar e irritações nos olhos.

Durante o dia de hoje, enquanto esta situação se mantiver, é recomendável que os grupos da população, anteriormente apontados, que se encontrem nos locais afetados, reduzam ao mínimo a atividade física intensa ao ar livre e evitem a permanência no exterior.

Para obter informações adicionais, nomeadamente sobre os efeitos do ozono e outras medidas a tomar, consulte os seguintes sítios: http://www.dgs.pt/saude-ambiental/areas-de-intervencao/ar/ozono.aspx e http://www.ccdr-lvt.pt/pt/qualidade-do-ar/8090.htm .

A informação sobre os valores de ozono observados nas estações de monitorização da qualidade do ar encontra-se disponível no endereço http://qualar.apambiente.pt/ .

Leave a Reply

Recentes de Saúde

Ir para Início
%d bloggers like this: