Menos 23 acidentes e menos 54 feridos nas autoestradas portuguesas em 2019

Em Sociedade

A APCAP Associação Portuguesa das Sociedade Concessionárias de Autoestradas e Pontes com Portagens tem agora uma página na internet renovada, que estreia com a publicação do Anuário Estatístico de Segurança Rodoviária de 2019. No documento constam todos os indicadores e elementos das concessionárias em Portugal ao longo de um ano, que se destaca pelo aumento da circulação automóvel e pela redução do número de acidentes.

Entre 1 de janeiro e 31 de dezembro de 2019, a rede APCAP registou um Tráfego Médio Diário de 16 393 veículos, mais 629 viaturas/dia (+4%) do que as 15 764/dia de 2018. Ao mesmo tempo verificou-se um aumento do número de quilómetros percorridos (acréscimo de 3,59% face a 2018). Ao contrário do que seria expectável perante estes números, a Taxa de Sinistralidade diminuiu 7,96% em relação a 2018.

No que diz respeito ao número de acidentes com vítimas, a rede APCAP registou 2 358 em 2019, menos 23 do que em 2018. Deste número resultaram 3 511 feridos, menos 54 em relação ao ano anterior. O número de vítimas mortais manteve-se inalterado, lamentando-se a existência de 71 mortes.

Quanto a causas prováveis, em 89% do total de acidentes, o principal responsável continua a ser o condutor. Só em 6% se deve às infraestruturas e 5% ao veículo. A distração, o excesso de velocidade e a sonolência são as razões mais vezes associadas.

O Anuário Estatístico de Segurança Rodoviária de 2019, com esta e mais informação detalhada, está disponível para consulta no site www.apcap.pt

A renovada página da APCAP apresenta-se com uma imagem mais moderna e dinâmica, reunindo toda a informação dos associados. Além dos anuários, fonte essencial de informação sobre as concessionárias, estão também disponíveis as últimas comunicações e posições da APCAP, sobre os diversos temas de relevo para este importante setor.

Leave a Reply