Presidente da Câmara Cartaxo reuniu com deputados Hugo Costa e Mara Lagriminha na Fleximol

Em Empresas

A reunião foi solicitada pelos deputados da Assembleia da República Hugo Costa e Mara Lagriminha, eleitos pelo Partido Socialista no distrito de Santarém, onde estiveram presentes, além do Presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro, os representantes da administração da Fleximol, o administrador da insolvência e o advogado da empresa.

Os dois deputados manifestaram a sua preocupação pela situação da empresa, que, no passado mês de julho entrou em processo de insolvência, e destacaram o papel ativo que a Câmara Municipal tem tido no apoio e acompanhamento desta situação.

“Estamos a trabalhar em conjunto para recuperar uma empresa essencial para a nossa economia local, para a nossa população, mas temos de ter em mente todos os desfechos possíveis, e por isso estamos a preparar um plano de ação para apoiar a empresa e os 96 trabalhadores que fazem parte desta casa”, afirma Pedro Magalhães Ribeiro.

Trabalhar para viabilizar o Plano de Recuperação da Fleximol, empresa do Cartaxo que se encontra em processo de insolvência, continua a ser o principal objetivo de Pedro Magalhães Ribeiro.

Depois de na passada semana ter reunido com representantes dos trabalhadores e com o administrador de insolvência da empresa, esta manhã o autarca promoveu uma reunião de trabalho nas instalações da empresa com os deputados Hugo Costa e Mara Lagriminha. Uma reunião solicitada pelos dois deputados, que contou também com representantes da administração da empresa, com o administrador da insolvência, com o advogado da empresa e com os serviços municipais de empreendedorismo.

A deputada Mara Lagriminha, que integra a Comissão Parlamentar de Trabalho e Segurança Social, e o deputado Hugo Costa, que integra a Comissão Parlamentar de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação, manifestaram a sua preocupação com as consequências que um possível encerramento desta empresa acarretariam para a região.

Os dois deputados da Assembleia da República destacaram a enorme importância desta empresa para o concelho do Cartaxo e para a região, quer do ponto de vista económico, quer do ponto de vista do emprego, sublinhando o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela Câmara Municipal do Cartaxo no acompanhamento de toda a situação e nas medidas de apoio que está a desenvolver.

“O objetivo de todos os presentes é o mesmo: ver a Fleximol recuperada, trabalhar para a sua viabilização, e, por essa via, proteger os trabalhadores que a empresa tem”, explicou o presidente da Câmara Municipal no final da reunião, acrescentando que “estamos todos focados na viabilização do plano de recuperação que permita à empresa continuar a laborar, a manter postos de trabalho e a criar riqueza para a nossa terra”.

Nesta sessão de trabalho, e numa reunião que decorreu a 24 de julho com a administração da empresa, Pedro Magalhães Ribeiro inteirou-se sobre “as dificuldades concretas que a empresa enfrenta, sobre as questões inerentes ao processo de insolvência e sobre a situação dos trabalhadores, uma das nossas maiores preocupações”.

“Na Câmara Municipal estamos todos mobilizados para ajudar a empresa e, de igual modo, estamos a trabalhar no plano de ação que antecipe respostas sociais para, em caso de necessidade, dar apoio aos trabalhadores e às suas famílias”. Para esse efeito, o Presidente da Câmara Municipal irá, em breve, reunir com a Segurança Social, com o Instituto do Emprego e Formação Profissional e com os representantes legais dos trabalhadores.

A Fleximol, com sede na Zona Industrial do Cartaxo, em Vila Chã de Ourique, abriu portas em 1991. Produz suspensões de folha de mola e braçadeiras para veículos comerciais e fornece os fabricantes de camiões mais reputados na Europa, sendo ainda fornecedor exclusivo para as linhas de montagem em Portugal da Mitsubishi e Toyota.

Tags:

Leave a Reply