Candidatos ao ensino superior público atingem 62675, registando o maior número de candidatos nos últimos 25 anos

Em Educação

Candidataram-se 62.675 estudantes à 1.ª fase do Concurso Nacional de Acesso (CNA) ao ensino superior público no ano letivo de 2020-2021, representando um aumento de 11.384 candidatos face a 2019 (quando se tinham candidatado 51.291 estudantes até igual momento, tendo sido consideradas 51.036 candidaturas como válidas).

O número de candidatos ao presente concurso é também o mais elevado desde 1996, salienta o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior em nota de imprensa.

O aumento de candidatos nesta fase do acesso ao ensino superior público representa um sinal de confiança dos jovens e das suas famílias na formação superior e nas suas instituições, bem como nas vantagens decorrentes da qualificação superior, especialmente no contexto da crise internacional emergente associada à COVID-19, adianta a nota do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

O aumento inédito do número de candidatos promove o alargamento da base social de apoio do ensino superior e é um sinal muito significativo para a qualificação progressiva da população residente em Portugal, sublinha o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.
Apesar de em 2020 e pela primeira vez em Portugal, metade dos jovens de 20 anos estarem a estudar no ensino superior (enquanto eram 40% em 2015 e menos de 30% em 2000), as metas para as quais Portugal se deve orientar no contexto Europeu exigem atingir uma taxa média de frequência no ensino superior de 6 em cada 10 jovens com 20 anos até 2030, assim como alargar as qualificações de toda a população, garantindo atingir 40% de graduados de educação terciária na faixa etária dos 30-34 anos até 2023 e 50% em 2030.
Para a concretização desses objetivos e para além dos ingressos por via do concurso nacional de acesso, estima-se que o número total de novos ingressos no ensino superior em todos os ciclos de estudos, públicos e privados, atinja cerca de 90 mil novos estudantes matriculados no próximo ano letivo de 2020/21 (enquanto foram cerca de 84 mil pessoas em 2019), incluindo: i) o Concurso Nacional de Acesso, que representa cerca 2/3 dos ingressos; ii) outras formas de ingresso no sistema público; iii) formações curtas (cursos técnicos superiores profissionais, cTESP); e iv) ingresso no sistema privado (anexo).
Os resultados da 1.ª fase do concurso nacional de acesso são divulgados na segunda-feira, 28 de setembro, no sítio da Direção-Geral do Ensino Superior (http://www.dges.gov.pt), podendo ainda ser consultados através da aplicação ES Acesso, disponível nas plataformas iOS1 e Android2.

Leave a Reply

Recentes de Educação

Ir para Início
%d bloggers like this: