Deputado do BE questiona Câmara Municipal de Santarém sobre recuperação do coreto da cidade

Em Região

Passados 5 anos sobre a aprovação pela Assembleia Municipal de Santarém de uma recomendação à Câmara para a recuperação do coreto do Jardim da República, e como nada foi feito, o deputado municipal do Bloco de Esquerda questiona a Câmara Municipal de Santarém sobre quando prevê recuperar o coreto da cidade.

A recuperação do coreto do Jardim da República em Santarém foi motivo de uma petição pública, dinamizada pelo movimento “No Coração da Cidade” que recolheu centenas de assinaturas, entregue em 2015 à Assembleia Municipal. A Assembleia Municipal de Santarém aprovou por unanimidade, a 24 de setembro de 2015, o relatório intitulado “Queremos de volta o coreto romântico”. A Comissão da Assembleia que apreciou a petição recomendou ao Município de Santarém a “realização de um estudo interno por forma a proceder a melhorias no Coreto, em especial relativamente à sua base em cimento de cor cinzenta, a qual foi considerada unanimemente, ser o elemento que mais agride visualmente a sensibilidade estética no conjunto, não esquecendo o enquadramento com o restante Jardim, por forma a melhorar o seu aspeto visual, tornando o espaço mais aprazível aos seus utilizadores”. Foi também recomendado ao Município de Santarém que promova, com regularidade a manutenção e pintura do Coreto”.

No entanto, passados 5 anos, a recuperação do coreto continua por concretizar. Vítor Franco salienta que o coreto encontra-se “em estado de degradação, com motivos decorativos e artísticos apodrecidos e descolorados, colunas vandalizadas, instalação eléctrica destruída, apresentando aspecto muito negativo para a imagem da cidade e a preservação patrimonial”.

Por isso, enquanto deputado municipal apresentou uma pergunta ao presidente da Câmara para saber quando está prevista a obra de recuperação do coreto.

Tags:

Leave a Reply

Recentes de Região

Ir para Início
%d bloggers like this: