fbpx

BE denuncia Freixianda sem atendimento médico

Em Região

O Bloco de Esquerda acompanha situação da Unidade de cuidados de Saúde Personalizados de Freixianda, concelho de Ourém, e Fabíola Cardoso, deputada eleita pelo distrito, questionou o Ministro da Saúde sobre a resolução do problema.

O Bloco de Esquerda teve conhecimento de que a Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados – Polo de Freixianda, no concelho de Ourém, se encontra sem assistência médica devido à sobreposição das férias dos 2 médicos existentes na unidade.

“Numa área de influência que abrange 3 freguesias, e sediado na freguesia da Freixianda, que conta com cerca de 4 mil habitantes, esta unidade está atualmente sem a capacidade de prestar cuidados de saúde essenciais a uma população, na sua maioria idosa”, refere o Bloco de Esquerda.

Isto porque, segundo o Bloco de Esquerda, as férias dos únicos 2 médicos existentes na unidade foram programadas para as mesmas datas, num total de 3 semanas. Esta situação, que terá acontecido também em agosto de 2019, obriga os doentes a deslocarem-se a Ourém, que fica a cerca de 20 quilómetros de distância. Em plena pandemia, muitos destes utentes, a maioria deles idosos, colocam-se em situações de maior risco desnecessariamente, afirma o Bloco de Esquerda.

A deputada do BE ressalva que está em causa não é o direito às férias dos profissionais, mas sim a preparação de um plano que acautele uma resposta aos utentes, sabendo-se das férias dos médicos.

Perante esta situação é importante que seja destacado um médico substituto, o mais rapidamente possível, de forma a que seja possível responder à população e garantir que ninguém fica sem cuidados de saúde na zona abrangida pela unidade”, afirma a deputada Fabíola Cardoso, propondo que no futuro, a sobreposição das férias deve também ser um assunto a ter em conta, de forma a evitar situações semelhantes.

Perante esta situação, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda dirigiu ao Governo, através do Ministério da Saúde as seguintes perguntas: “Tem a tutela conhecimento desta situação? Que medidas irá encetar de forma a garantir, no imediato, os cuidados de saúde à população abrangida pela unidade?”

Leave a Reply

Recentes de Região

Ir para Início
%d bloggers like this: