fbpx

Ferreira do Zêzere – Primeira filarmónica que tocou o hino nacional comemora 179 anos

Em Ribatejo Cool

A primeira Filarmónica que tocou “A Portuguesa” comemora 179 anos. Trata-se da Associação Recreativa Filarmónica Frazoeirense que comemora esta terça-feira, dia 8 de setembro, 179 anos ao serviço da cultura.

De forma ininterrupta tem desenvolvido a cultura no concelho de Ferreira do Zêzere, através da Banda Filarmónica e Academia de música, Grupo de Teatro e Grupo Coral Polifónico.

Este ano Devido à pandemia que todos estamos a viver, esta Associação não poderá comemorar o seu 179.º aniversário conforme tem feito nas últimas décadas.

“Deixamos um agradecimento especial a todos aqueles que fizeram e fazem com que esta Associação perdure no tempo, sempre em atividade ao longos de quase dois séculos”, afirma Carlos Sousa, presidente da direção.

“No próximo ano contamos organizar as comemorações dos 180 anos em grande, à altura que vos habituámos e condizente com a grandeza desta Associação”, promete o dirigente da Associação.

Historial da Associação Recreativa Filarmónica Frazoeirense

A Associação Recreativa e Filarmónica Frazoeirense foi fundada em 08/09/1841 no lugar da Frazoeira, pelo comendador Higino Otto de Queiroz e Mello, na casa pertencente ao Solar dos Senhores do Vinculo da Frazoeira (data de 1766), propriedade deste ilustre cidadão que se encontra logo à entrada do lugar, razoavelmente conservada.

No início da existência desta coletividade e devido à falta de sede própria, a Associação Recreativa e Filarmónica Frazoeirense passou por vários edifícios provisórios na localidade, o que originou o extravio de documentação.

Na altura do lançamento do primeiro livro “Vidas pela música”, a Associação lançou vários apelos para que quem tivesse documentos que ajudassem a escrever a história o mais real e precisa possível, mas ninguém respondeu ao apelo. No entanto, a documentação história do arquivo da coletividade, ouvindo os testemunhos dos músicos, diretores e amigos desta Associação possibilitaram com os conhecimentos deTeresa Mendes a elaboração deste livro que pode ser adquirido na sede e noutros pontos de venda.

“Neste ano em que se comemoram os 176 anos da Associação, realçamos algumas datas que são de facto históricas e que ajudam a compreender o percurso rico e autêntico que a todos nos orgulha defender”, refere a nota da Associação.

Assim a 05/09/1862, 21 anos depois da Filarmónica Frazoeirense ter sido fundada, participou nas festas da Srª da Guia do Avelar, notícia do Jornal O Alvaiazerense que refere a Filarmónica Frazoeirense.

Em 1891, Alfredo Keil ao passar férias na pensão D. Aninhas em Besteiras, dirigiu-se à Filarmónica para ouvir a música que acabara de escrever “A Potuguesa”, que em 1910 foi adotada Hino Nacional. Outra data que é oficial são os Estatutos da Filarmónica Carrilense, que ao ir para o Carril, terá mudado de nome, estatutos esses com data de 1909. Em 01/04/1943, muda-se para outra sede provisória pertencente à quinta e Solar da família Granado Cotrim Carvalho e Vasconcelos (mais conhecida casa Visconde de Tinalhas data 1748).

A Filarmónica voltou para a sua origem cujo nome voltou a ser alterado por Assembleia Geral em 13/04/1958 passando a denominar-se Associação Recreativa Filarmónica Frazoeirense.

“O grande mentor de tudo, o Dr. José Real e sua família a quem muito devemos pela dedicação na construção da sede e dinamização cultural em várias vertentes”, refere a nota da Associação.

Realça-se mais algumas datas, que foram um marco importante para muitos: a primeira televisão do concelho na casa da música em 1958; a sopa para os pobres inaugurada no dia 01/11/1958 e que se manteve até 1971, altura da reabertura da Casa do Povo da Frazoeira e que veio atribuir as reformas rurais passando as pessoas a ter um meio de sobrevivência; o primeiro Rancho Folclórico “OS Atrividinhos da Frazoeira em 1956; depois da visita da imagem peregrina de Fátima, na mesma data, a criação do Grupo de Teatro com o nome de Resitas.

Nas últimas 4 décadas também foram pioneiros em relevantes atividades: o lançamento do 1.º CD; o restauro e ampliação da sede completamente renovada. Em 19/06/2011 a participação na cerimónia das comemorações dos 90 anos do Hino Nacional na Assembleia da Republica, facto reconhecido por ter sido esta Filarmónica a primeira a ensaiar “A Portuguesa”. A comemoração dos 100 anos da República em que tivemos um papel de destaque pela nossa ligação à Portuguesa. A participação nas comemorações dos 20 anos de serviço dos aviões F16 em Portugal na base aérea de Monte Real.

A 24/05/2019 a Associação Recreativa Filarmónica Frazoeirense viveu hoje mais um momento marcante da sua história. Como primeira banda a ter executado “A Portuguesa” após a adaptação de piano para orquestra, foi convidada a estar presente na cerimónia de doação da partitura original da marcha patriótica ao Museu da Presidência da República, com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa e familiares dos compositores.

Leave a Reply

Recentes de Ribatejo Cool

Ir para Início
%d bloggers like this: