Rio Maior – Pulseira eletrónica por violência doméstica

Em Sociedade

O Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) da GNR deteve, hoje, dia 15 de setembro, um homem de 46 anos, por violência doméstica, em Rio Maior.

No âmbito da investigação, os militares da Guarda apuraram que o suspeito agredia física e psicologicamente, de forma reiterada, durante os 16 anos de casamento, a sua mulher de 41 anos. A par das agressões, ameaçava-a de morte caso ela terminasse a relação, sendo que, na última ocorrência, o suspeito utilizou uma arma branca contra a vítima, que necessitou de receber tratamento hospitalar. Foi dado cumprimento a um mandado de detenção, devido ao perigo de continuidade da violência praticada.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Santarém, tendo ficado sujeito à medida de coação de proibição de contacto com a vítima por qualquer meio, monitorizado através de pulseira eletrónica.

A ação contou com o reforço do Posto Territorial de Rio Maior.

Leave a Reply