fbpx

Transportes públicos vão ser reforçados na Lezíria com abertura do ano escolar

Em Região

Os transportes públicos vão ser repostos na região da Lezíria a níveis similares aos existentes antes da pandemia da covid-19, com um reforço para dar resposta ao início do ano escolar, disse hoje fonte da Comunidade Intermunicipal.

O administrador executivo da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT), António Torres, disse à Lusa que estão a ser ultimadas as conversações com a Ribatejana (que serve os concelhos de Benavente, Coruche e Salvaterra de Magos) para definição das carreiras de transportes públicos, que poderão nesta área ser repostas a 80 a 90% das existentes antes da pandemia da covid-19, e a resposta às escolas, tendo em conta os horários que estão a ser comunicados pelos diversos agrupamentos.

Em relação à Rodoviária do Tejo, que serve os restantes concelhos da CIMLT (Azambuja, no distrito de Lisboa, e Almeirim, Alpiarça, Cartaxo, Chamusca, Golegã, Rio Maior e Santarém, no distrito de Santarém), vão ser repostas as carreiras de transporte público existentes antes da pandemia e vão ser reforçados os transportes escolares, com previsão de mais cerca de mil quilómetros/dia, acrescentou.

António Torres afirmou que serão cumpridas as regras impostas pela Direção-Geral da Saúde, como o uso obrigatório de máscara e a lotação de dois terços em cada viatura, sendo contabilizados os lugares sentados e em pé.

A CIMLT vai promover uma contagem de passageiros dentro de “uma e meia a duas semanas” para um melhor conhecimento da real utilização dos transportes públicos, tendo em conta que muitos familiares podem optar por levar os educandos de carro para a escola.

O inquérito à procura atual permitirá igualmente aferir os valores da compensação aos operadores de transportes públicos, que tem vindo a ser paga, nomeadamente através do PART (Programa de Apoio à Redução Tarifária nos Transportes Públicos), para os ajudar a fazer face à quebra registada com a pandemia, adiantou.

A maioria das escolas da região inicia o ano letivo na quinta-feira.

Na região do Médio Tejo, que abrange os concelhos de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas, e Vila Nova da Barquinha (do distrito de Santarém) e Sertã e Vila de Rei (distrito de Castelo Branco), a rede de transportes públicos foi reforçada, na segunda-feira, com cerca de 650 ligações diárias.

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) anunciou, na sexta-feira, que a rede iria corresponder à oferta de transporte no período homólogo do ano anterior, reforçada agora “com novas circulações, mediante as normas da Direção Geral da Saúde para com as escolas”.

A CIMT anunciou o retomar da “globalidade das circulações, tendo em conta o arranque do ano letivo, prevendo-se cerca de 650 ligações diárias por todo o Médio Tejo”.

A CIM da Lezíria do Tejo abrange uma população de 247.453 habitantes e a do Médio Tejo 247.330 habitantes (censos 2011).

Leave a Reply

Recentes de Região

Ir para Início
%d bloggers like this: