Aprovada linha de crédito bonificada para o setor das flores

Em Empresas

Foi aprovado hoje em Conselho de Ministro, o decreto-lei que cria uma linha de crédito, com juros bonificados, no montante global de 20 milhões de euros, dirigida aos produtores de flores de corte e plantas ornamentais, para fazer face às dificuldades enfrentadas por estes, decorrentes da atual situação que o país enfrenta causada pela Covid-19. 

Esta linha de crédito bonificada é concedida por um prazo de quatro anos e o montante total de empréstimo, por beneficiário, é de 20 mil euros.

Neste contexto, pretende-se disponibilizar aos produtores do setor, a custos reduzidos, os meios financeiros necessários à manutenção da atividade, que lhes permita a liquidação ou renegociação de dívidas, junto de fornecedores de fatores de produção, de instituições de crédito ou demais entidades habilitadas por lei à concessão de crédito.

O montante individual de crédito de 20 mil euros, por beneficiário, traduz-se no valor máximo de subvenção dada aos juros, correspondendo a uma taxa de bonificação de 80%.

“Esta é uma medida que visa criar condições de tesouraria para a retoma de um setor muito importante e que não utiliza outros recursos de apoio e foi muito afetado por esta pandemia”, esclarece a Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes.

Leave a Reply