fbpx

Azambuja é o 6.º concelho mais exportador das regiões Lezíria do Tejo e Médio Tejo

Em Empresas

O Concelho de Azambuja é o 6.º maior exportador na área alargada dos municípios da Lezíria do Tejo e do Médio Tejo. Os dados referem-se ao ano 2019 e foram divulgados pela NERSANT-Associação Empresarial da Região de Santarém. As exportações das empresas que têm a sua sede neste concelho ascenderam a praticamente 143 milhões de euros, registando um crescimento de 6,58% face ao valor de 133,8 milhões conseguido em 2018.

Relativamente aos produtos que mais contribuem para as exportações do Concelho de Azambuja, este relatório apresenta alguma diversidade entre agentes orgânicos de superfície, produtos aniónicos, pigmentos e preparados à base de dióxido de titânio, e ainda os materiais da indústria do plástico destinados à construção civil. Quanto à identificação dos mercados internacionais, Azambuja tem Espanha como destino maioritário dos seus bens, com mais de 81 milhões de euros de vendas em 2019. A grande distância da Espanha, seguem-se França, Angola, Argélia e Alemanha. Este é um forte contributo para que o país vizinho se assuma como o principal cliente, recebendo um quarto das exportações (quase 500 milhões de euros) de toda a Lezíria do Tejo e do Médio Tejo. Ainda em balanço de 2019, saíram do Município de Azambuja exportações para um total de 84 mercados externos.

O estudo abrange um universo de 23 municípios da área de influência da NERSANT, compreendendo as regiões da Lezíria do Tejo e do Médio Tejo. Segundo a associação empresarial, o trabalho teve como base os dados do INE relativos às exportações de mercadorias das NUT III – Lezíria do Tejo e Médio Tejo – de acordo com as empresas sediadas em cada concelho. Azambuja surge na 6ª posição desta lista de volume de exportações que é liderada por Benavente, a que se seguem os concelhos de Abrantes (2º), Santarém (3º), Torres Novas (4º) e Constância (5º).

Tags:

Leave a Reply

Recentes de Empresas

Ir para Início
%d bloggers like this: