fbpx

Comeres & Beberes – O cheiro da linguiça

Em Ribatejo Cool

O moço de cego obrigou o invisual a saltar de modo a bater com o rosto no sobreiro. Enquanto o infeliz gemia contorcido em dores, o mariola ria-se e repetia: então cheirou-te o pão à cortiça e não te cheirou o sobreiro à cortiça!?

Este resumo de um episódio bem mais faceto e alongado faz parte da literatura picaresca e pode ser saboreado no livro O Lazarilho de Tormes.

Ora, também eu voltei ao restaurante Cascata (Alferrarede) na peugada de deliciosa linguiça que enumerei em crónica publicada há semanas.

Subi as escadas para o primeiro andar, coloquei gel e esfreguei as mãos, amesendei-me e, lampeiro que nem a astuciosa gata Nox desaparecida debaixo dos efeitos de estrondosa trovoada, solicitei a afável, substanciosa e sápida linguiça no intuito de alegrar o palato até à chegada do prato principal. O profissional que me costuma atender meneou a cabeça negativamente, não havia porque a remessa semanal não tinha chegado. Não queria acreditar no malogro, a fungar que nem um Diabo porque apescada criatura lhe escapou no momento de a tirar da rede, suavizei a fúria mastigando donairoso queijo merendeiro de ovelha. E, porque o que não tem remédio remediado está, amenizei o desgosto através da saboreada mastigação de um bife de carne maturada de novilho com flor de sal acompanhado por suculentas e finas rodelas de batatas fritas. Duas colheradas de cassata de chocolate remataram a saudade do enchido alentejano. Tinto Monte das Servas coadjuvou da melhor forma a refeição.

Armando Fernandes

Aceita cartões de crédito. Encerra às segundas-feiras. Parque de estacionamento privativo. Rua Manuel Lopes Valente Júnior, 19-A, Alferrarede, Abrantes

Tags:

Leave a Reply

Recentes de Ribatejo Cool

Ir para Início
%d bloggers like this: