Vídeo – Campanha “Evacuar Moria Já” do HuBB como resposta ao fogo que dizimou o campo de Moria

Em Empresas

Na terça feira à noite, dia 8 de Setembro, o campo de Moria na ilha de Lesbos foi destruído pelo fogo, deixando cerca de 13.000 pessoas sem abrigo, sem roupa, sem documentos e sem esperança.   

O colectivo HuBB – Humans Before Borders – tem desenvolvido trabalho focado no tratamento humano de migrantes e requerentes de asilo. Este ano já foi responsável por: uma campanha de angariação de fundos para cuidados médicos no campo de Moria que superou muito as expectativas de ajuda e atenção mediática em Portugal; foi ouvido em Comissão Parlamentar sobre o acolhimento de refugiados o que contribuiu para a decisão do governo de acolher 500 menores dos campos Gregos; iniciou colaboração com a Segurança Social, Cruz Vermelha e outras ONGs para ajudar na integração destas crianças.
Agora, o HuBB iniciou uma campanha “Evacuar Moria Já” como resposta ao fogo que dizimou o campo de Moria. A campanha tem pressionado os decisores políticos (Primeiro Ministro, ao Ministro dos Negócios Estrangeiros, à Ministra de Estado e da Presidência e ao Ministro da Administração Interna) a acolherem requerentes de asilo no país (à semelhança de outros estados membros) através do envio de cartas e organização de eventos – organizou uma manifestação no dia 13 de Setembro em Lisboa e Porto e está outra agendada para o dia 20 de Setembro também nas duas cidades.   

Até que esse acolhimento seja realizado o colectivo irá realizar campanhas de sensibilização / protesto / consciência e continuará a incitar ao envio de cartas diárias a representantes do governo.  

Como refere Raul Manarte, psicólogo humanitário e activista do HuBB:
“Já havia uma pandemia de abuso aos direitos humanos muito antes de haver uma pandemia de Covid.”

“Há muitas opiniões sobre migração, mas ninguém quer campos onde menores são esfaqueados, bébés morrem desidratados, mulheres são violadas e onde as pessoas têm de aguardar mais de um ano por uma decisão enquanto passam os dias sem água quente, sem electricidade e sem medidas de se protegerem da pandemia”, afirma Raul Manarte, também músico e fotógrafo tendo composto o aclamado e surpreendente tema “Moria” em Março deste ano, com imagens captadas dentro do campo.

Leave a Reply