fbpx

Vitória trouxe o espetáculo do Teqball a Santarém

Em Desporto

Espectáculo na Rua António Pardelhas! O Vitória Clube de Santarém organizou, no passado sábado, nas imediações da sua sede social, o I Open Teqball Vitória “I’MaGin”,  correspondente à 3.ª etapa do Circuito Nacional de Teqball 2020, e as elevadas expectativas em redor do evento não saíram defraudadas.

Naquela que foi a estreia da modalidade em versão “street”, em jogo estava um chorudo prize money e preciosos pontos para o apuramento para o Campeonato do Mundo da modalidade, pelo que as maiores estrelas nacionais não podiam deixar de acorrer à chamada, acabando por conferir um brilho especial à rua com o nome do presidente do emblema vitoriano.

E a prova, de classe 10 000 (o máximo de pontos em jogo numa etapa), registaria mesmo um esmagador recorde de participações, contando com 24 atletas em Singles, 28 duplas na categoria Doubles e 9 em Mixed Doubles, correspondentes a um total de 19 clubes filiados na Federação Teqball Portugal.

Para enquadrar tantos atletas, foram 8 as mesas em atividade simultânea, sendo que uma delas, a Teq One, seria mesmo ofertada pela Federação Teqball Portugal ao Município de Santarém, numa cerimónia que contou com a presença do presidente Ricardo Gonçalves, para além de Inês Barroso e Carlos Coutinho.

Vitória reforça liderança em Mixed Doubles

Para apimentar o espectáculo, nada como uma prestação entusiasmante da equipa da casa, que viveu mais um dia auspicioso nesta nova modalidade: a dupla composta por Renato Bento e Inês Lopes foi a grande vencedora em pares mistos, reforçando a liderança do Vitória Clube de Santarém no ranking nacional e alimentando a esperança de, pela primeira vez no seu historial, o clube marcar presença num Campeonato do Mundo em representação de Portugal.

Nota para os intensos tons de azul de que se revestiu a final desta categoria, com os vitorianos JP e Conxi, em dia de estreia oficial na modalidade, a alcançarem um brilhante 2.º lugar. A dupla leiriense Ricardo Gonçalves/Luciana Garcia fechou o pódio.

Para além do 1.º lugar do ranking em duplas, o Vitória lidera também a classificação por clubes, tabela para a qual contribui ainda a dupla Sérgio Fernandes/Carla Paulino.

Em singles, realce para a participação de Alan Cavalcanti, emblemático campeão do mundo por Portugal, que, durante largos anos, fez as delícias dos amantes de futebol de praia e, agora, por um dia, pisou a calçada da Rua António Pardelhas.
Porém, apesar do superlativo contributo para uma final de elevado nível, o internacional português acabaria por sair derrotado diante de António Henriques, do Teqball Sintra. O pódio seria fechado por Luís Barreiros, do Juventude de Évora.

A melhor prestação vitoriana nesta categoria foi assegurada por Renato Bento/Sérgio Fernandes, que, após se apurarem na fase de grupos, cairia nos oitavos de final do Quadro Principal, aos pés dos futuros terceiros classificados da prova, os poderosos eborenses Luís Barreiros e José Eduardo. Os jovens JP e Didi, em dia de estreia, e Carla Paulino/Conxi (meias-finais do Quadro Complementar) foram os outros dignos representantes azuis e brancos naprova.  

Já em Doubles, supremacia para a dupla portuense Pé d’Bola, composta por António Borges e Lucas Prado, que bateu na final António Henriques e Pinheiro, do Teqball Sintra.
Na próxima jornada, o Circuito Nacional viaja até terras eborenses, com o I Open Teqball de Évora, uma prova de classe 5000.

Leave a Reply

Recentes de Desporto

Ir para Início
%d bloggers like this: