Conselho Regional da OA promove encontro sobre Sociedades de Advogados em Santarém

Em Sociedade

O Conselho Regional de Évora da Ordem dos Advogados (OA) realiza na sexta-feira, em Santarém, o II Encontro das Sociedades de Advogados e lança, dia 27, com a congénere de Faro, a Plataforma Advogado Disponível, para colaboração entre profissionais.

Tiago Falcão e Silva, presidente do Conselho Regional de Évora da OA, disse hoje à Lusa que, perante a tendência de criação de sociedades de advogados, que se tem vindo a alargar dos grandes centros urbanos para os meios mais pequenos, o encontro visa discutir questões como a formação das sociedades, modelos de organização e repartição de lucros, crises de crescimento, modos ou modelos de fusão e internacionalização.

“Queremos esclarecer e dar a conhecer as vantagens e desvantagens, como funciona, eventuais conflitos”, disse, salientando que, do primeiro encontro, realizado em 2019 em Santiago do Cacém (Setúbal), se concluiu que muitos dos problemas das grandes sociedades são comuns não só às pequenas sociedades, como aos que exercem a título individual.

“Tivemos um ‘feedback’ muito positivo, porque muitas destas questões são tabu”, afirmou, exemplificando com o caso da repartição do lucro entre sócios ou a organização do trabalho.

Tiago Falcão e Silva salientou como “uma das grandes vantagens” das sociedades de advogados, a possibilidade de uma maior especialização num momento em que o exercício da advocacia é “cada vez mais complicado e exigente”, pelas múltiplas áreas de intervenção e pelo grande volume e alteração constante na legislação.

Por outro lado, em parceria com o Conselho Regional de Faro, na terça-feira vai ser apresentada a Plataforma Advogado Disponível, que permitirá a colaboração entre colegas, seja para assegurar substituições, seja para colaborações esporádicas ou estáveis, disse.

O Conselho Regional de Évora da OA abrange cinco distritos – Beja, Évora, Portalegre, Santarém e Setúbal.

O encontro de sexta-feira vai realizar-se no Convento de S. Francisco, “espaço que garante o cumprimento de todas as recomendações da Direção Geral da Saúde”, pois, numa lotação de 400 lugares, estarão apenas 50 participantes, ficando disponível uma gravação para os eventuais interessados, adiantou.

Na sessão de encerramento está prevista a participação do bastonário da OA, Luís Menezes Leitão.

Leave a Reply