fbpx

Plataforma Transgénicos Fora debate nova Política Agrícola Comum

Em Empresas

No âmbito da nova Política Agrícola Comum (PAC), a Plataforma Transgénicos Fora (PTF) organiza um debate sobre “As medidas agro-ambientais e as novas estratégias europeias “ Do Prado ao Prato” e “Biodiversidade”, no dia 24 de outubro, às 18h na Tapada da Tojeira, em Vila Velha de Ródão

O debate vai ter a participação de Carlos Lourenço, Luís Coutinho, Rolando Martins – agricultores da Beira Baixa; Jorge Ferreira – agrónomo especialista e técnico de agricultura biológica (PTF); Lanka Horstink – investigadora em economia política da agricultura (PTF) e moderação de Graça Passos (PTF)

A agricultura é um sector estratégico quer para superar a crise atual quer para proteger as gerações futuras. As novas estratégias da Comissão Europeia (CE) apontam mudanças estruturais para o novo Quadro Comunitário de Apoio 2021/27 que vão alterar as medidas agro-ambientais. O que se deve alterar? O que apoiar? Como?

Com a revolução verde, a partir de 1950, veio a mecanização do trabalho e o aumento da produção agrícola. O petróleo, os pesticidas, os adubos e depois os organismos geneticamente modificados (OGM), anunciaram a vitória do Homem sobre a Natureza e o avanço do progresso foi rápido e entusiástico. Para a Plataforma Transgénicos Fora, agora 70 anos depois, as alterações climáticas e a Covid-19 dizem-nos que urge mudar e é o que a Comissão Europeia (CE) preconiza com estas novas estratégias.

Considerando que o nosso sistema alimentar é “uma das principais causas das alterações climáticas e da degradação ambiental” propõe que, de forma urgente, se “reduza  a dependência dos pesticidas e dos agentes antimicrobianos, o excesso de adubação, se aumente a agricultura biológica, melhore o bem-estar dos animais e inverta a perda da biodiversidade”.

A CE quer estimular a transição para práticas agrícolas sustentáveis, mas compensando os prejuízos que comporta. Nas últimas décadas as técnicas amigas do ambiente aprofundaram-se e multiplicaram-se e hoje sabe-se que, depois de um período de transição, é possível deixar a agricultura convencional com sucesso mesmo em grandes áreas, como fez a Herdade do Esporão na vinha.  Parece, portanto, que o melhor dos mundos está ao nosso alcance – manter as produções e proteger o ambiente. No entanto, as realidades são complexas e diversas e para a transição acontecer sem lesar ninguém é necessário também um amplo e aprofundado debate público. Os desafios são grandes e só em conjunto podemos concretizar o muito que é possível e deve ser feito. É neste contexto, com expectativa e esperança que a PTF organiza o presente debate.

A participação no debate, presencial ou virtual, é gratuita mas sujeita a inscrição (até às 13h de hoje) na página da PTF ou pelo email: info@stopogm.net

Leave a Reply

Recentes de Empresas

Ir para Início
%d bloggers like this: