PCP reclama investimento para o distrito de Santarém

Em Região

O executivo da Direcção da Organização Regional de Santarém (DORSA) do PCP manifesta o seu “profundo repúdio pela não contemplação de obras absolutamente estruturais e urgentes para o desenvolvimento económico e social do distrito de Santarém no recentemente apresentado Plano Nacional de Investimentos (PNI) 2030, por parte do governo do PS“.
Em comunicado, o PCP distrital de Santarém afirma que “há muito que a população do distrito vem reivindicando um conjunto significativo de investimentos e obras estruturantes, que urge concretizar no sentido de dar corpo à muito propagandeada coesão territorial e melhoria da qualidade de vida“.

Para o PCP, são “investimentos e obras que não podem ser desligados duma estratégia de desenvolvimento que tenha como eixo central a valorização do trabalho e dos trabalhadores, com o consequente aumento geral dos salários e garantia dos seus direitos, o investimento nos serviços públicos, com a reabertura de serviços encerrados, a defesa do ambiente e a reversão de um conjunto de medidas tomadas por anteriores governos do PS, PSD e CDS-PP que agravam brutalmente as desigualdades territoriais e acentuam o despovoamento, de que são exemplo a manutenção das portagens na A10, A13 e A23, o não alargamento da redução do custo dos passes sociais ou o reforço dos transportes públicos, particularmente ferroviários“.
Face à apresentação do PNI 2030 por parte do actual governo do PS, o Executivo da DORSA manifesta a sua “incompreensão e profunda objecção à não contemplação de obras que até estavam anteriormente previstas, de que são exemplo a conclusão do IC3 (entre Atalaia e Almeirim), a construção de novas travessias do Tejo na Chamusca e Constância, a nova travessia do Vale do Sorraia em Coruche, ou a modernização da Linha ferroviária do Norte entre Vale de Santarém e Entroncamento com a variante em Santarém e a modernização da Estação do Entroncamento como nó intermodal estratégico da região e do País“.
Para o PCP, “estas são algumas das reivindicações das populações do distrito de Santarém de há muito tempo, que podem e devem ser inscritas como objectivo de investimento por parte do governo e que têm constado nos programas eleitorais da CDU“.
O PCP afirma que “continuará a bater-se pela construção destas infraestruturas e apela aos trabalhadores e ao povo do distrito de Santarém para que se unam e lutem em torno dessas mesmas reivindicações e anuncia que avançará desde já com uma iniciativa parlamentar nesse sentido“.

Publique o seu comentário