Coruche cria Gabinete de Apoio ao Emigrante

Em Empresas

A secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, visita no próximo dia 27 de novembro, investimentos oriundos da diáspora, no concelho de Coruche, no âmbito da celebração do protocolo de colaboração com o Município no intuito de criar e gerir o Gabinete de Apoio ao Emigrante.

O Gabinete de Apoio ao Emigrante é uma estrutura de apoio aos cidadãos portugueses que estão emigrados, aos que regressam a Portugal e aos que pretendem iniciar um processo migratório. Têm como objetivo apoiar e informar os cidadãos, na área social, jurídica, económica e empresarial, educação, emprego, formação profissional, entre outras, orientando-os para os serviços públicos vocacionados para o esclarecimento de dúvidas ou para a resolução de problemas específicos, bem como aconselhar e informar os cidadãos portugueses que pretendam emigrar.

“O tecido económico coruchense assenta sobretudo no sector agrícola, florestal e agro-alimentar. No entanto, a realidade tem-nos mostrado que Coruche é competitivo noutras áreas, fruto do elevado esforço e dedicação dos nossos empresários”, refere a nota da Câmara de Coruche, que defende a “ideia e objetivo de continuar a reforçar o posicionamento internacional do país, que fruto do trabalho de várias entidades e o especial envolvimento dos membros do Governo”.

Nesta deslocação a Coruche, a secretária de Estado vai conhecer investimentos de emigrantes no concelho, com destaque para a visita às instalações do futuro hotel de Santa Justa, que está a ser construído por um emigrante na freguesia do Couço.

Leave a Reply