Vídeo – Apresentação do livro “Santarém: rumo e itinerário histórico – 150 anos de cidade”

Em Ribatejo Cool

O livro “Santarém: Rumo e Itinerário Histórico- 150 Anos de Cidade” foi ser apresentado ao público esta terça-feira, dia 24 de novembro, na Igreja da Misericórdia, em Santarém. A iniciativa está integrada nas comemorações dos 150 anos da elevação de Santarém a cidade.

O livro é editado pela Associação Mais Santarém-Intervenção Cívica, e pretende evidenciar o papel de Santarém e das suas principais figuras históricas no contexto dos mais relevantes acontecimentos da história nacional.

Santarém: rumo e itinerário histórico, 150 anos de Cidade” é uma obra coletiva, que tem a coordenação editorial e científica do historiador Jorge Custódio e do jornalista Joaquim Duarte.

Conta com a colaboração de vinte autores, reputados historiadores, investigadores e especialistas:

António Leal Lopes, Cândido Azevedo, Carlos Matos Gomes, Fernando Rita, João Brigola, Joaquim Duarte, Jorge Custódio, José Augusto Rodrigues, José Manuel Garcia, José Miguel Noras, Ludgero Mendes, Luís Mata, Luísa Barbosa, Lurdes Asseiro, Maria Ângela Beirante, Maria Emília Pacheco, Mário Cardoso, Pedro Canavarro, Vanda Luciano e Vítor Serrão.

Nesta obra espelha-se uma tentativa de inovação, de reescrever a história da cidade, com um modelo crítico sobre a realidade contemporânea e um acentuado recurso à proposta de livre reflexão destinada aos leitores.

O livro versa sobre o papel de Santarém no contexto dos mais relevantes acontecimentos da história nacional, desde a ocupação romana ao período dos descobrimentos e do liberalismo à instauração da democracia com o 25 de Abril, focando-se nos diferentes aspetos sociológico, urbanístico, artístico, arquitetónico e cultural da urbe.

Uma obra de carácter pedagógico e relevante valor científico, apresentada num estético arranjo gráfico que faz deste livro um objeto agradável e de fácil consulta.

O seu lançamento teve lugar no dia 24, na Igreja da Misericórdia, sendo seguido por uma Conferência sobre Pedro Álvares Cabral, proferida pelo historiador scalabitano José Manuel Garcia.

Leave a Reply