Softinsa entrega computadores a alunos do Tesp de TPSI do Politécnico de Tomar

Em Educação

Os oito alunos alunos do 1.º ano do Curso Técnico Superior Profissional em Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação (CTeSP TPSI) receberam computadores portáteis, esta sexta-feira, 4 de dezembro, no campus do IPT, no âmbito do protocolo de cooperação entre o Instituto Politécnico de Tomar (IPT) e a Softinsa.

Este protocolo prevê ainda o pagamento de uma bolsa anual no valor das propinas bem como uma bolsa complementar no 2.º ano do curso, mediante o progressivo envolvimento do aluno em projetos da Softinsa. Após a conclusão do curso, estes alunos estão aptos a integrar, por via de estágio profissional ou de contratação direta, a Softinsa, nas suas instalações em Tomar.

Para João Coroado, presidente do Instituto Politécnico de Tomar, este protocolo representa um bom exemplo da colaboração inovadora e pioneira entre a Softinsa/IBM e o IPT, da qual resultou a preparação de um Curso Técnico Superior Profissional com benefícios para as quatro partes envolvidas: o IPT, que cumpre a sua missão de transmissão de conhecimento e competências orientado para o desenvolvimento da região; a Softinsa, que garante um conjunto de profissionais diplomados e com conhecimentos e competências nos seus domínios de intervenção; os estudantes, que podem obter de um diploma de estudos superiores sem custos de pagamento do valor da propina do curso e também é-lhes facultado um computador portátil; e a região, que beneficia com a possibilidade de fixar e atrair futuros profissionais especializados que são muito importantes no desenvolvimento de regiões de baixa densidade.

Do lado da Softinsa, Henrique Mourisca, diretor geral adjunto, considera que “este protocolo de cooperação reforça a nossa aposta na especialização dos alunos do IPT, com formação de elevada qualidade e alinhada com as competências necessárias para a sua integração nas nossas equipas”. 

Os alunos do CTeSP de TPSI, para além de beneficiarem de um apoio económico, poderão experienciar o meio empresarial multinacional, através da participação num contexto real em projetos de sistemas e tecnologias de informação.

“Consideramos que com esta parceria estamos mais próximos dos alunos, capacitando-os de ferramentas para atingirem com sucesso os seus objetivos académicos e, paralelamente, dotamos os nossos futuros profissionais com qualificações de excelência,” afirma Henrique Mourisca.

Leave a Reply

Recentes de Educação

Ir para Início
%d bloggers like this: