Abrantes – Obras condicionam trânsito na Avenida D. João I e na Rotunda do Quartel

Em Região

No âmbito da obra de repavimentação e sinalização horizontal da Avenida D. João I, nos dias 09, 10 e 11 de dezembro, vão decorrer trabalhos de fresagem e pavimentação na Rotunda do Quartel, junto ao RAME.

Assim, para além das condicionantes que já se observam, no dia 09 e em parte do dia 10, não vai ser possível circular na Rua da Capela de S. Lourenço (via de acesso ao Parque Urbano de S. Lourenço), entre o cruzamento da Ermida e a Rotunda do Quartel, exceto para moradores.  O acesso ao Parque Urbano deverá ser feito através da Chainça.

Mapa 1

Também não será possível a circulação de viaturas no sentido descendente na Avenida das Forças Armadas, entre a Sopadel e a rotunda, exceto para moradores. Neste acaso, a alternativa será feita pelas artérias circundantes à estação de serviço “GALP”, com saída na Avenidas das Forças Armadas, junto à quinta Villa Dona Amélia, ficando esse troço temporariamente com os dois sentidos do trânsito (conforme imagem no mapa 1) o qual será ordenado por agentes da autoridade – PSP – em permanência.

Mapa 2

Em parte do dia 10 e no dia 11, com a intervenção na segunda fase da Rotunda do Quartel, será proibida a circulação de viaturas no acesso ao Casal da Preta pela Rua do Vale de Roubam, existindo neste caso a alternativa pela travessa que entronca com a EN3, sendo permitida a viragem à esquerda, com orientação da PSP, conforme imagem no mapa 2. Também nesse período e com a impossibilidade do trânsito subir a Avenida das Forças Armadas, o acesso ao centro da cidade será desviado pela Avenida D. João I, no sentido Quartel do RAME – Bombeiros, (com as devidas precauções devido aos trabalhos que ainda decorrerão) e posteriormente pela Avenida 14 de Junho.

 Nas duas fases desta intervenção o transito terá os dois sentidos na parte da rotunda que estiver transitável, com acompanhamento e orientação da PSP.

A Câmara Municipal de Abrantes reitera o apelo à compreensão de todos os automobilistas, deixando a garantia de que se trata de uma obra urgente que, após concluída, oferecerá condições de segurança para todos. Estamos a trabalhar para valorizar a nossa Cidade.

Leave a Reply