dav

Tomar cria infraestruturas de apoio ao parque infantil e parque de merendas da Mata Nacional dos Sete Montes

Em Região

O município de Tomar instalou um bloco sanitário, com acessibilidade a pessoas de mobilidade reduzida, e um quiosque de apoio a estes equipamentos, permitindo dotar o local de condições de higiene e de usufruto, reconhecendo a grande procura que o parque infantil e parque de merendas tem no seio da população local e de grupos de excursionistas. Foram, ainda, instalados vários ecopontos no espaço. 

dav

“Não sendo, pois, da direta responsabilidade do município a gestão e manutenção da Mata Nacional dos Sete Montes, a sua ligação à cidade e aos tomarenses leva a que, desde sempre, a autarquia assuma a realização de diversos trabalhos de beneficiação e conservação deste importante património, em estrita colaboração com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF)”, refere um comunicado da autarquia.

dav


 
Das intervenções levadas a efeito pelo município nos últimos anos, importa destacar a criação do Centro de Interpretação e Sensibilização Ambiental (CISA), as novas instalações sanitárias e o arranjo da ligação pedonal entre a entrada da Mata e o acesso ao Convento de Cristo através da porta da Torre da Condessa, cuja abertura simbólica decorreu no passado dia 27 de novembro.
 Segundo a Câmara, diariamente são efetuadas manutenções e reparações no sentido de salvaguardar o bom estado de conservação e preservação do parque. Não só com este propósito, mas também de vigilância, limpeza e gestão de ocupação, foram alocados mais recursos humanos ao espaço.


 Está também a ser preparada a renovação da sinalética da Mata e o circuito de manutenção, bem como a renovação do pavimento do parque infantil e colocação de mais equipamentos, particularmente destinados às faixas etárias de 1 a 4 anos.
 
A Mata dos Sete Montes, antiga cerca conventual, com uma área de aproximadamente 39 hectares, integrada desde 1986 no Serviço Nacional de Parques, Reservas e Conservação da Natureza, hoje, Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), constitui-se como um pulmão da cidade, albergando no seio da sua exuberante vegetação, inúmeros motivos de atração do visitante, seja pela observação do seu património natural e construído, seja pelas excelentes condições para a prática de atividades desportivas e de lazer.

Leave a Reply