Praga dos citrinos já infesta pomares do concelho de Almeirim

Em Empresas

A praga que afeta os pomares de citrinos está identificada nos concelhos do litoral Oeste, e já está a infestar também o concelho de Almeirim, como se pode verificar no mapa publicado pela Direção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo.


A psila africana-dos-citrinos é um inseto que, para além de provocar danos diretos nas plantas que ataca, é considerado especialmente sensível por ser vetor de um agente causador de uma doença, enverdecimento-dos-citrinos, de momento sem cura conhecida e que afeta gravemente o potencial produtivo destas plantas, levando normalmente ao seu declínio e morte.

Figura 1-Aspeto do mapa de zona demarcada para psila-africana-dos citrinos na região Lisboa e Vale do Tejo.

A Portaria n.º 142/2020 de 17 de junho que estabelece medidas de proteção fitossanitária adicionais destinadas à erradicação no território nacional do inseto de quarentena Trioza erytreae Del Guercio, determina, entre outras, as medidas de dever de informação da presença da praga, estabelecimento da zona demarcada e medidas a aplicar, nomeadamente restrições à circulação e comércio destes vegetais.

Nos termos do previsto na Portaria n.º 142/2020 de 17 de junho. o Ministério da Agricultura solicita a colaboração de todos os cidadãos, quer dando informações sobre a possível suspeita da presença desta praga em áreas que não façam já parte da zona demarcada, quer na aplicação das medidas de combate nela previstas.
No âmbito da colaboração entre as autoridades da República Portuguesa e do Reino de Espanha, o Ministério da Agricultura deu início a um programa de luta biológica contra esta praga, através de largadas de um inseto parasitóide, Tamarixia dryi. As autoridades esperam que os primeiros
resultados possam ser observados durante a Primavera.
Qualquer situação a comunicar pode ser veiculada através do endereço eletrónico prospeccao@draplvt.gov.pt

Leave a Reply