Aviso amarelo também para o distrito de Santarém devido ao vento e chuva

Em Sociedade

Vários distritos de Portugal continental vão estar hoje e na quarta-feira sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte, agitação marítima, chuva e queda de neve, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Leia AQUI o AVISO da Proteção Civil.

Os distritos do Porto, Setúbal, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Aveiro, Coimbra e Braga vão estar sob aviso amarelo entre as 00:00 e as 06:00 de quarta-feira devido à previsão de vento forte do quadrante sul, com rajadas até 80 quilómetros por hora (km/hora) no litoral e nas terras altas.

De acordo com o IPMA, sob aviso amarelo estão também os distritos de Viseu, Porto, Guarda, Vila Real, Setúbal, Santarém, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Beja, Castelo Branco, Aveiro, Coimbra e Braga devido à previsão de chuva persistente, por vezes forte, entre as 00:00 e as 21:00 de quarta-feira.

Sob aviso amarelo estão também os distritos da Guarda e Castelo Branco devido à queda de neve acima de 1.400/1.600 metros até às 12:00 de hoje.

O IPMA emitiu ainda um aviso amarelo para os distritos do Porto, Faro, Setúbal, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Beja, Aveiro, Coimbra e Braga entre as 18:00 de hoje e as 21:00 de quarta-feira devido à previsão de agitação marítima, com ondas de oeste/sudoeste com 4 a 5 metros, passando gradualmente a ondas de noroeste.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Por causa da agitação marítima, nove barras de Portugal continental estão hoje fechadas à navegação e outras duas condicionadas.

As barras marítimas de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Douro, Figueira da Foz, Cascais e Ericeira estão fechadas a toda a navegação.

De acordo com a Marinha, as barras marítimas de Aveiro e Viana do Castelo estão condicionadas a embarcações com comprimento a 35 e 30 metros, respetivamente.

Na segunda-feira, a Autoridade Marítima Nacional (AMN) alertou para o agravamento das condições meteorológicas e da agitação marítima na costa oeste, a partir das 12:00 de hoje e até às 12:00 de quinta-feira.

Em comunicado, a AMN explicou que a agitação marítima dos próximos dias vai ser “caracterizada por ondulação proveniente do quadrante noroeste, com altura significativa que poderá atingir os cinco metros e altura máxima de nove metros”.

O vento pode ser, em média, superior a 65 quilómetros por hora, com rajadas superiores a 90 quilómetros por hora no quadrante sudoeste”.

Por isso, a AMN recomenda “a toda a comunidade marítima e à população em geral um estado de vigilância permanente no mar e nas zonas costeiras”.

A AMN recomenda também reforço da amarração e a “vigilância apertada das embarcações atracadas e fundeadas”. Devem também ser evitados passeis junto ao mar e à orla costeira, nas arribas e nas praias, e a “prática de atividades lúdicas” nas zonas expostas à agitação marítimas ou a “pesca lúdica”.

Na segunda-feira, a forte agitação marítima destruiu uma casa desabitada no Lugar das Pedrinhas, na Apúlia, concelho de Esposende, no distrito de Braga.

Leave a Reply