Pandemia trouxe novas preferências no mercado imobiliário

Em Empresas

Cozinhas modernas e funcionais assumem preponderância

O Grande Confinamento foi a resposta global das autoridades de saúde à disseminação descontrolada do novo coronavírus e traduziu-se no confinamento de milhões de pessoas nas suas residências durante o período mais crítico da pandemia, um pouco por todo o mundo. Por isso, é evidente que – por força das circunstâncias – a pandemia da Covid-19 trouxe consigo novas formas de habitar a casa e, consequentemente, por arrasto, novas preferências no mercado imobiliário.

O período de confinamento foi disruptivo na forma de viver a casa: o teletrabalho passou a ser uma realidade para milhões de trabalhadores e colaboradores de empresas. Também a telescola passou a ser rotineira, implicando mudanças nas dinâmicas familiares. Ao mesmo tempo, percebeu-se que esta realidade, por mais passageira que pudesse ser esta crise do coronavírus, chegou para ficar.

E, no “novo normal”, a casa será sempre central – e as cozinhas moderna com ilhas paradigmáticas serão parte dessa centralidade. A adaptação continuará a ser chave. A nova realidade que todos vivemos teve impacto nas escolhas de casas e no mercado imobiliário em Portugal. Segundo aponta o site Idealista, num artigo onde é auscultada a opinião de diversos especialistas no setor, o perfil de imóveis pretendidos pelos portugueses tem vindo a mudar ao longo deste ano. Mesmo que ainda longe de ser considerado uma tendência, a verdade é que os dados que temos mostram-nos essa mudança. E o que é que os portugueses procuraram neste ano de pandemia? Segundo o mesmo artigo, em 2020 registou-se:

  1. Maior procura por imóveis do tipo moradia, mesmo sabendo que os apartamentos continuam a ser mais procurados. E maior procura de imóveis em zonas rurais ou nos limítrofes da cidade;
  2. Maior procura por imóveis com espaços exteriores, tais como varandas e terraços;
  3. Maior procura por imóveis com áreas maiores e tendência de procura por tipologias maiores;
  4. Maior procura por imóveis onde seja possível conciliar habitação com atividade profissional e/ou escolar;
  5. Maior procura por imóveis com cozinhas modernas e funcionais, com destaque, obviamente, para as cozinhas modernas com ilhas.

Cozinhas modernas e funcionais: um caso paradigmático

As cozinhas modernas com ilhas são, por norma, um espaço de reunião na casa e as cozinhas modernas e funcionais um caso paradigmático como exemplo das novas preferências dos portugueses. A verdade é que as cozinhas já tinham reclamado o seu lugar de importância nas casas, como têm vindo a apontar os especialistas da Leiken ao estudar a importância deste espaço na dinâmica familiar. A cozinha, em particular as novas cozinhas modernas e funcionais – com relevo para as cozinhas modernas com ilhas – já eram um espaço muito importante na casa e uma opção muito requisitada.

Durante o período mais crítico da pandemia da Covid-19, esse estatuto foi naturalmente reforçado. Isto porque muito do tempo passado em casa foi passado na cozinha. Ao longo destes meses, esta desempenhou vários papéis, complementares entre si: foi espaço de convívio, trabalho e pausa.

As cozinhas modernas com ilhas permitem que as cozinhas modernas e funcionais o sejam, de facto, visto que se adaptam facilmente à variedade de estilos de vida que uma casa contemporânea congrega e que a pandemia veio acentuar ao longo destes últimos meses. As cozinhas modernas com ilhas são um dos paradigmas das cozinhas modernas e funcionais, porque, para além de uma marca de estilo e da sua vertente estética, oferecem um espaço versátil e prático que pode ter múltiplas valências. Vejamos; as cozinhas modernas com ilhas podem servir como espaço de refeição, podem ter espaço para arrumação e podem até ser adaptadas para funcionarem como espaço de trabalho se for o caso disso. É natural que a sua importância tenha saído reforçada nestes meses e que agora seja um extra muito valorizado num imóvel, tal como outros que aqui vimos – como espaços exteriores ou espaços para teletrabalho.

Pandemia e mercado imobiliário

Neste artigo, ficou a saber como a pandemia da Covid-19 trouxe novas vivências à casa e de que forma estas se refletiram no mercado imobiliário e no tipo de imóveis que os portugueses procuraram em 2020.

Descobriu ainda que tipo de casa, perfil e localização os clientes das imobiliárias estão neste momento a procurar como opção – em função do momento que vivemos – e como as cozinhas modernas e funcionais – sobretudo as cozinhas modernas com ilhas – influenciam também essa procura. Quer pelas propostas que apresentam, quer também pelo estilo de vida que representam face ao contexto global vivido.

Leave a Reply