Pretende exportar mais em 2021? Veja o que a NERSANT tem para oferecer

Em Empresas

A NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém vai realizar no próximo dia 12 de janeiro, pelas 16h00, uma sessão online de participação gratuita onde vai apresentar as várias ações de apoio à internacionalização para as empresas, previstas para 2021. Missões empresariais, NERSANT Business – Encontro Internacional de Negócios e eventos setoriais de apoio à exportação são as ações em destaque.

O apoio às exportações e à internacionalização das empresas da região tem sido, desde sempre, uma das prioridades da NERSANT, que realiza anualmente diversas ações de promoção da região e das suas empresas nos mercados externos.

Para o ano de 2021, a NERSANT já definiu o seu plano integrado de ações de apoio à exportação das empresas, que pretende agora dar a conhecer à comunidade empresarial. A apresentação de cada uma das missões empresariais – Vietname, Eslováquia, Costa do Marfim, Estados Unidos da América, Canadá, Macau e Moçambique são os mercados em agenda –, a apresentação do novo e melhorado modelo de realização do NERSANT Business 2021 – Encontro Internacional de Negócios do Ribatejo e a apresentação dos resultados da 1.ª edição virtual deste Encontro, integram o programa da sessão online que a associação vai realizar já no dia 12 de janeiro, pelas 16h00, com inscrições gratuitas.

Para além disso, a NERSANT vai ainda dar a conhecer uma novidade em matéria de apoio à internacionalização para o próximo ano de 2021: a organização de um ciclo de eventos temáticos composto pela realização de encontros de negócios de menor dimensão e com caráter setorial.

Os interessados em conhecer ao pormenor o apoio da NERSANT à internacionalização para 2021, devem garantir o seu lugar na sessão online, através de credenciação no portal da NERSANT em www.nersant.pt/agenda. A participação é gratuita.

De referir que muitas das ações constantes do plano de internacionalização para 2021 são cofinanciadas pela União Europeia, podendo as empresas participantes integrar as ações com cofinanciamento europeu.

Leave a Reply