Mulheres Socialistas preparam base de apoio à candidatura de Manuel Afonso à Câmara de Santarém

Em Região

A Comissão Política da Estrutura Concelhia de Santarém das Mulheres Socialistas – Igualdade e Direitos (MS-ID) saúdam, em comunicado, a escolha de Manuel Afonso para liderar a candidatura socialista à presidência da Câmara Municipal de Santarém e deram início à preparação de uma base de apoio a esta candidatura.

“A partir de janeiro, as MS-ID de Santarém vão estar no terreno, em iniciativas políticas focadas nas mulheres militantes e simpatizantes do PS, agregando e integrando contributos para a candidatura do PS”, refere o comunicado das Mulheres Socialistas de Santarém.

O nome de Manuel Afonso, deputado e presidente da Comissão Política Concelhia do PS, foi aprovado em reunião da Comissão Política Concelhia no passado dia 12, em Santarém.

No encontro de mulheres socialistas foram ainda analisadas as deliberações da Comissão Nacional do PS sobre Eleições Presidenciais e Eleições Autárquicas. As Mulheres Socialistas -ID saudaram a recomendação adotada sobre paridade, uma iniciativa que recomenda ao próprio partido a constituição listas paritárias nos dois primeiros lugares, e também a adoção de uma quota de 20% de lugares nas listas a preencher por jovens com menos de 35 anos de idade.

Importa lembrar que as próximas eleições autárquicas serão as primeiras a acontecer depois da entrada em vigor da alteração à Lei Eleitoral, que fixa em 40%, no mínimo, o número de elementos de um só género na lista. O mesmo é dizer que as listas passarão a ter de contar com 40% de mulheres, em vez de apenas 33%. Por outro lado, são também as primeiras eleições autárquicas com a nova regra de consulta obrigatória em vigor: segundo o número 8 do artigo 67º dos Estatutos do Partido Socialista, “as Mulheres Socialistas – Igualdade e Direitos e a JS são obrigatoriamente consultados no processo de designação de candidatos a titulares de cargos políticos”.

Relativamente a eleições presidenciais, foi dada nota de que a estrutura nacional decidiu não apoiar nenhuma das candidaturas já apresentadas, dando liberdade de escolha aos militantes socialistas.

Nesta reunião, as mulheres socialistas decidiram realizar uma iniciativa de análise e debate sobre a dificuldade de acesso dos cidadãos a alguns serviços do Estado, dificuldade que foi acentuada pela extinção de algumas freguesias e respetivas Juntas de Freguesia, prejudicando o acesso a serviços, particularmente dos cidadãos que têm maiores dificuldades para se deslocarem, como é o caso de mulheres idosas sem acesso a transporte.

Neste encontro, que decorreu na passada segunda-feira via online, a Comissão Política Concelhia das MS-ID de Santarém criticou a inexistência de uma política autárquica de juventude, uma faixa etária particularmente atingida pela pandemia no que respeita a atividades desportivas, culturais, de lazer e de tempos livres.

Leave a Reply