Dirigente do Chega de Santarém apoia agressor dos autarcas de Abrantes

Em Sociedade
Manuela Estevão, dirigente do Chega/Santarém

A presidente do Chega/Santarém, Manuela Estêvão, solidarizou-se com o ex-empresário de Abrantes que agrediu o presidente e o vice-presidente e uma funcionária da Câmara de Abrantes, esta terça-feira, em plena reunião da Câmara.

O ex-empresário que perdeu os processos contra a autarquia abrantina irrompeu na sessão da Câmara com ameaças de morte aos presentes e agrediu uma funcionária, o presidente e o vice-presidente a golpes de cajado com ponta de metal. O indivíduo foi detido pela PSP ainda na terçafeira. Já esta quarta-feira, foi constituído arguido e ficou em prisão preventiva, por decisão do juiz de instrução criminal do tribunal de Santarém.

Ao saber da decisão do tribunal, a farmacêutica e dirigente do Chega/Santarém veio apelar à “solidariedade com o compatriota Jorge Dias”, na sua página no Facebook.

Em defesa da violência e do discurso de ódio político, a dirigente do Chega justifica a agressão do ex-empresário por ter ficado na “miséria” por causa do “polvo socialista”.

Leave a Reply