Hospital de Santarém – Nem a pandemia rouba o espírito natalício

Em Sociedade

Em vésperas de Natal, o espírito da quadra invadiu os corredores do  Hospital Distrital de Santarém (HDS), tendo sido várias as iniciativas levadas a cabo no sentido de trazer algum alento aos profissionais de saúde neste ano particularmente díficil.

Aos profissionais que trabalharam na véspera e dia de Natal foram entregues dois cabazes, um oferecido pelo Pingo Doce e outro que resultou da junção de produtos alimentares e iguarias natalícias que foram doados por diversas entidades e colaboradores do HDS, nomeadamente a Casa de Pessoal, o Serviço de Psiquiatria, a ITAU, a Sumol, a Panpor e a JDR& Filhos.

Por outro lado, com o intuito de fortalecer os laços entre os profissionais do Hospital e, simultaneamente, celebrar a quadra, foi lançado o desafio ao  diversos serviços para que criassem uma estrela de Natal. A vencedora foi a estrela da Unidade de Hospitalização Domiciliária, que recebeu um presépio em madeira da autoria de um artesão local, Manuel Bento Isidoro.

Além disso, os profissionais e utentes foram presenteados com um total de 2600 postais da autoria de crianças de várias escolas, grupos de escuteiros e paróquias do distrito de Santarém. A iniciativa foi dinamizada pelo capelão do HDS, Padre Nuno Pena, e a educadora Liliana Gabriel do Serviço de Pediatria.

O HDS foi ainda mais uma vez contemplado com a iniciativa “Natal Diferente”, levada a cabo pela Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina de Lisboa (AEFML) e a Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa (AEFCM-UNL), que este ano fez chegar postais e lembranças aos utentes internados e profissionais de saúde.

De destacar ainda, duas doações de livros, uma exclusivamente para a Pediatria, da autora e ilustradora Tânia Bailão Lopes, e outra que resultou da inicativa promovida por Sónia Cabecinhas que entre Santarém e Lisboa conseguiu recolher 404 livros.

Leave a Reply

Recentes de Sociedade

Ir para Início
%d bloggers like this: