Combate à pandemia -Município de Azambuja já ofereceu mais de 20 mil máscaras de proteção

Em Região

O Município de Azambuja faz um balanço do trabalho realizado no combate à pandemia, recordando que “quando a situação de pandemia global foi declarada pela Organização Mundial de Saúde, no dia 11 de março de 2020, e ainda sem registo de qualquer caso de infeção no nosso concelho, já os responsáveis pela autarquia seguiam de perto as orientações das autoridades nacionais e preparavam, quer os planos de contingência ao funcionamento dos serviços municipais quer as respostas às necessidades que viessem a surgir, tanto ao nível da Proteção Civil como no âmbito da Ação Social”.

Uma das expressões mais visíveis dessa resposta foi a aquisição de materiais de prevenção e combate à Covid-19, como por exemplo equipamentos de proteção individual e desinfetantes, e a sua distribuição a diversas instituições que se encontravam na chamada “linha da frente” deste problema complexo e mundial. Ao longo dos meses da pandemia, o município tem prestado apoio material aos Bombeiros Voluntários de Alcoentre e de Azambuja, à delegação de Aveiras de Cima da Cruz Vermelha Portuguesa, aos postos da GNR de Azambuja e de Aveiras de Cima, aos Agrupamentos de Escolas e Creche Municipal, às IPSS e às ERPI-Estruturas Residenciais Para Idosos e, naturalmente, também às Juntas de Freguesia do concelho.

Terminado o ano 2020, a autarquia de Azambuja faz balanço dos materiais doados desde março até dezembro, como apoio às entidades referidas. Foram distribuídas:

  • 20.400 máscaras cirúrgicas;
  • 4.125 máscaras FFP2;
  • 18.160 pares de luvas;
  • 11.650 peças descartáveis (fatos, batas, aventais, toucas, proteções de pés, etc);
  • 392 viseiras reutilizáveis;
  • 72 óculos de proteção;
  • 184 garrafões de desinfetantes para mãos e superfícies.

Acrescenta-se a estes bens, a oferta de 340 máscaras comunitárias às escolas; a entrega de 30 dispensadores fixos de desinfetante que as Juntas de Freguesia, em parceria, colocaram junto às caixas multibanco; e, ainda, a disponibilização às IPSS e ERPI de 12.200 embalagens descartáveis para acondicionamento e distribuição de refeições.

E, sendo certo que a pandemia persiste e esta é uma “guerra” cujo final é impossível de prever, o Município de Azambuja assegura à população do concelho e a todos os parceiros locais, regionais e nacionais que continuará a desenvolver todos os esforços, mobilizando os seus diferentes serviços e valências, no combate à pandemia e nas diversas formas de apoio, para que ninguém fique para trás!

Leave a Reply