Faleceu Mami Ramilo, voluntária do Grupo de Santarém da Liga Contra o Cancro

Em Sociedade

Realizou-se esta quarta-feira o funeral de Maria Amália Ramilo, voluntária do Grupo de Apoio de Santarém do Núcleo Regional do Sul da Liga Portuguesa Contra o Cancro

Mami, como era conhecida pelos amigos e família, faleceu no domingo, 10 de Janeiro, aos 63 anos. Destacou-se, durante vários anos, como dirigente e voluntária do Grupo de Apoio de Santarém da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Desde 2013, dinamizou o serviço “Vencer e Viver”, de apoio a mulheres com cancro da mama. Mami Ramilo, também ela uma sobrevivente do cancro da mama, pretendia com este movimento “ajudar as mulheres a quem foi diagnosticado um cancro e que foram submetidas a tratamentos, a viver este período de uma forma positiva, melhorar a auto-estima e encarar o dia a dia com maior confiança.”

Leave a Reply