Tomar vai ter “Escola de Segunda Oportunidade”

Em Educação

Foi assinado hoje no Salão Nobre dos Paços do Concelho em Tomar um protocolo de cooperação para a criação da Escola de Segunda Oportunidade, visando dar resposta a um número significativo de alunas e alunos que abandonam a escola sem concluir a escolaridade obrigatória.

Este projeto, que é o primeiro a avançar no país estabelecido ao abrigo do disposto no Despacho n.º 6954/2019, será coordenado pelo Agrupamento de Escolas Templários, e tem ainda como entidades parceiras a Câmara Municipal de Tomar, o Centro de Integração e Reabilitação de Tomar e a Santa Casa da Misericórdia de Tomar. O protocolo depois de assinado por estas entidades é enviado para a DGEstE – Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares, entidade também parceira que assinará posteriormente.

Conforme a primeira cláusula do protocolo, o mesmo estabelece o compromisso de conceber e desenvolver, em parceira e permanente articulação, um programa de intervenção junto de jovens que abandonaram o sistema educativo e em risco de exclusão social, abreviadamente designado por Programa 2O de Tomar.

1 Comment

  1. Muitos parabéns ao Agrupamento de Escolas Templários e aos seus parceiros por esta iniciativa. A Escola de Segunda Oportunidade de Tomar junta-se assim às 4 Escolas de Segunda Oportunidade já existentes no país, em Matosinhos, Valongo, Gaia e Samora Correia, sendo muito bem vinda à rede nacional de iniciativas e escolas de segunda oportunidade – a E2O Portugal.

Leave a Reply