Mais 4 mortes por covid-19 e 113 novos casos no concelho de Santarém

Em Saúde

Registaram-se mais 4 mortes por covid-19, nas últimas 24 horas, aumentando para 74 o total de óbitos por covid-19 no concelho de Santarém. Trata-se de 4 utentes do lar Golden Haven, de Almoster, onde se regista um surto com 32 infetados.

Há mais 113 novos casos confirmados de infeção pela covid-19, nas últimas 24 horas, somando 3172 o total de casos confirmados no concelho.

Também há mais 52 casos em vigilância ativa, aumentando para 1049 o número de casos em vigilância ativa no concelho de Santarém.

Há mais 9 doentes curados, somando um total de 2297 casos recuperados no concelho.

Feitas as contas, há hoje 801 casos ativos no concelho, mais 52 do que ontem.

Situação epidemiológica no ACES Lezíria

Pode ser uma imagem de mapa

Situação epidemiológica no ACES Médio Tejo

Pode ser uma imagem de texto que diz "SEPOPLICA SNS ESTAMOSON ars/lvt aces MedinTeje Resumo Vigilância Epidemiológica COVID19 22 Janeiro 2021 17h00 Casos Totais 9618 Total Vigilância MT ACES Números 6059 Total Altas Vigilância Ativa 5188 Pessoas contatadas na investigação 6583 Total Casos Recuperados 5540 Quadro- Distribulçlo COV1D19 ACESMT COVID19 número concelhos 500 Concelhos Abrantes 000 brantes 2000 Diário Casos Diário Alcanena Constáncia 13 215 Entroncamento Zèzere 883 Entroncamento FerreiradoZèzere doZèzere Mação Qurém 100 126 Durém Sardoal omar Lorres Novas Barquinha Total Geral 40 97 381 1597 74 70 895 101 45 1724 9618 339 1597 q Drstneuçac concalhos mflutnda ACES"

Portugal com 234 mortes em 24 horas, novo máximo

 Portugal registou hoje 234 mortes relacionadas com a covid-19, o maior número de óbitos em 24 horas desde o início da pandemia, e 13.987 casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O boletim epidemiológico de hoje revela também que estão internadas 5.779 pessoas, mais 149 do que na quinta-feira, das quais 715 em unidades de cuidados intensivos, ou seja, mais 13, dois valores que também representam novos máximos desde o início da pandemia de covid-19, a doença provocada pelo coronavírus SARS-Cov-2.

O número diário de novos casos ativos também subiu sendo o mais alto de sempre. Estão hoje ativos 157.660, um aumento de 6.434 casos nas últimas 24 horas.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, Portugal já registou 9.920 mortes associadas à covid-19 e 609.136 infeções pelo SARS-CoV-2.

As autoridades de saúde têm em vigilância 200.730 contactos, mais 7.830 relativamente ao dia anterior.

O boletim regista ainda que mais 7.319 pessoas foram dadas como recuperadas, fazendo subir para 441.556 o número de recuperados desde o início da pandemia em Portugal.

Relativamente às 234 mortes registadas nas últimas 24 horas, 111 ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, 48 na região Centro, 46 na região Norte, 19 no Alentejo, oito na região do Algarve e duas na região Autónoma da Madeira.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificadas 5.983 novas infeções, contabilizando-se até agora 208.695 casos e 3.636 mortes.

A região Norte registou mais 4.270 novas infeções por SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas e desde o início da pandemia já contabilizou 275.164 casos de infeção e 3.965 mortes.

Lisboa e Vale do Tejo e a região Norte representam 73,3% das infeções a nível nacional.

Na região Centro, registaram-se mais 2.670 casos, acumulando-se 84.162 infeções e 1.646 mortos.

No Alentejo, foram assinalados mais 491 casos, totalizando 20.721 infeções e 482 mortos desde o início da pandemia em Portugal.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 459 novos casos, somando 14.170 infeções e 148 mortos.

A Madeira registou 84 novos casos. Esta região autónoma contabiliza 3.078 infeções e 31 mortes devido à covid-19.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados 30 novos casos nas últimas 24 horas, somando 3.146 infeções e 22 mortos.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 274.474 homens e 334.471 mulheres, referem os dados da DGS, segundo os quais há 191 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que estes dados não são fornecidos de forma automática.

Do total de vítimas mortais, 5.159 eram homens e 4.761 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguidos da faixa etária entre os 70 e os 79 anos.

Do total de 9.920 mortes, 6.688 atingiram pessoas com mais de 80 anos, 2.028 com idades entre os 70 e os 79 anos e 825 tinham entre os 60 e os 69 anos.

Leave a Reply