Força Nacional Destacada regressou a Portugal após missão de 6 meses no Afeganistão

Em Nacional

Os 139 militares, que compuseram a 5.ª Força Nacional Destacada integrada na NATO “Resolute Support Mission”, no Afeganistão, durante seis meses, regressaram esta manhã a Portugal.

Durante este período, estes militares do Exército Português constituiram duas equipas em missão, nomeadamente, a Força de Reação Rápida, com a missão de vigilância e proteção ao aeroporto internacional “Hamid Karzai”, em Cabul, e o Destacamento de Apoio Nacional, que garantiram o apoio administrativo-logístico aos militares portugueses neste teatro de operações.

Na receção aos militares portugueses estiveram presentes a Secretária de Estado de Recursos Humanos e Antigos Combatentes, Professora Doutora Catarina Sarmento e Castro, o Chefe do Estado-Maior do Exército, General Nunes da Fonseca, o Comandante das Forças Terrestres, Tenente-general Martins Pereira, o Comandante Aéreo, Tenente-general Eurico Craveiro e o Subchefe do Estado-Maior do Comando Conjunto para as Operações Militares, Contra-almirante Nobre de Sousa.

Os restantes 29 militares que compuseram a força regressaram no passado dia 15 de janeiro.

Leave a Reply