Homem fica em prisão preventiva após fugir à GNR em Salvaterra de Magos

Em Sociedade

Um homem de 31 anos ficou em prisão preventiva depois de não ter respeitado a sinalização de paragem e ter fugido à GNR no domingo, em Salvaterra de Magos, anunciou hoje o Ministério Público (MP).

Em comunicado, o MP informa que o homem, residente no Barreiro, Setúbal, é indiciado pelos crimes de resistência e coação sobre funcionário, condução perigosa de veículo rodoviário, ofensa à integridade física qualificada, dano qualificado e condução sem habilitação legal.

Os factos correspondentes aos crimes tiveram lugar pelas 17h30 da tarde do domingo dia 24, altura em que o arguido conduzia um veículo pela Estrada Nacional 118 em Salvaterra de Magos e não respeitou sinalização de paragem efetuada por viatura policial da Guarda Nacional Republicana, encetando fuga.

Nos momentos que se seguiram o arguido simulou paragens em que parecia aguardar a aproximação dos militares para logo retomar a marcha e, numa dessas ocasiões, já com os militares fora do veículo oficial, arrancou na direção dos militares e acabou por embater no veículo policial, novamente fugindo. Na última das paragens o arguido fugiu a pé, vindo a ser encontrado próximo ao quartel de bombeiros de Almeirim, após cerca de 25 quilómetros de perseguição a alta velocidade, incluindo circulação numa via em sentido proibido.
Em atenção aos estragos materiais, às lesões corporais resultantes para os militares e aos antecedentes criminais do arguido, foram alegados pelo Ministério Público os perigos de fuga, perturbação da tranquilidade pública e de continuação da atividade criminosa, é decretada judicialmente a aplicação da medida de coação prisão preventiva.

O inquérito vai prosseguir na secção de Almeirim do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Santarém.

Leave a Reply