Hospital de Santarém duplica capacidade de realizar estudos do sono

Em Saúde

O Hospital Distrital de Santarém (HDS) acaba de adquirir equipamento que permite complementar o estudo das doenças do sono no domicílio. Segundo Gustavo Reis, pneumologista do HDS, além de ser cómodo para o doente, vai permitir duplicar o número de exames realizados com eletroencefalograma (EEG).

“Em internamento temos realizado cerca de quatro estudos por semana. Com o novo equipamento vamos conseguir fazer o dobro e, desta forma, duplicar a nossa capacidade,” afirma Gustavo Reis, pneumologista do HDS.

Gustavo Reis, médico pneumologista do HDS

Com este equipamento é possível registar o traçado de EEG do doente, além dos parâmetros fisiológicos do tradicional estudo cardiorrespiratório do sono – movimentos respiratórios, fluxo nasal, saturação de oxigénio, frequência cardíaca, posicionamento, ronco, entre outros – sendo uma mais-valia para quem, por exemplo, tenha suspeita de patologia do sono que não se enquadre na habitual síndrome de apneia obstrutiva do sono (SAOS).

O especialista esclarece que além deste tipo de exame, o HDS vai continuar a realizar o estudo poligráfico do sono em laboratório, para situações mais complexas e o estudo cardiorrespiratório do sono, mais básico e sem EEG, ideal para quando a principal suspeita recai sobre a SAOS.

Há diversas patologias que se manifestam durante o sono, sendo de longe a mais prevalente a SAOS, que se estima possa afetar cerca de 1 milhão de pessoas em Portugal.

No HDS, a Consulta do Sono é a mais procurada no que respeita à área da Pneumologia, o que comprova a grande prevalência das doenças que afetam o sono.

Leave a Reply