Risco extremo de infeção – Rio Maior está no top 10 nacional com mais casos de covid-19

Em Saúde

Rio Maior, com 2625 casos, é um dos 8 concelhos do país com mais de dois mil casos de incidência cumulativa, a par de Resende (2.496), Vila de Rei (2.347), Setúbal (2.274), Aljustrel (2.183), Monchique (2.088), Penela (2.075) e Sabugal (2.031). Os municípios de Fronteira (3.362), Castanheira de Pera (3.083) e S. João da Pesqueira (3032) são os concelhos com maior incidência acumulada no país.

Na nota explicativa dos dados por concelhos é referido que a incidência cumulativa “corresponde ao quociente entre o número de novos casos confirmados nos 14 dias anteriores ao momento de análise e a população residente estimada”.

No distrito de Santarém, Rio Maior é o concelho com maior número de casos. Também em situação de risco extremamente elevado, seguem-se Ferreira do Zêzere com 1520, Salvaterra de Magos com 1418, Benavente com 1399, Alcanena com 1273, Coruche com 1236, Santarém com 1195, Tomar com 1012, Almeirim com 1002 e Azambuja com 955 casos.

No distrito de Santarém, em situação de risco muito elevado (mais de 480 casos) estão os concelhos de Cartaxo com 872, Ourém com 822, Abrantes com 771, Chamusca com 739, Alpiarça com 737, Golegã com 543, Mação com 527, Torres Novas com 512, Entroncamento com 501.

Em risco elevado (mais de 240 casos), estão os concelhos de Vila Nova da Barquinha com 449, Sardoal com 374, e Constância com 298 casos.

Não há nenhum concelho no distrito em situação de risco moderado.

Portugal tem hoje menos cem concelhos em risco extremo de infeção face à semana anterior, o que representa uma redução de 54,3%, segundo os dados da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Há uma semana, mais de 70% dos 308 concelhos portugueses estavam em risco extremo devido ao número de casos de covid-19, e hoje apenas 38,6% estão nesta tabela.

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) hoje divulgado e que reporta a um período de incidência cumulativa a 14 dias entre 27 de janeiro e 09 de fevereiro, estão neste patamar 119 dos 308 concelhos portugueses.

Há uma semana Portugal estavam em risco extremo 219 dos 308 concelhos.

Quatro concelhos tiveram zero casos de infeção, todos na Região Autónoma dos Açores: Lajes das Flores, Lajes do Pico, Calheta e S. Roque do Pico.

Os dados divulgados hoje indicam ainda que 3.538 pessoas foram dadas como recuperadas, fazendo subir para 668.854 o número total de recuperados desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020.

Há 15 dias consecutivos que o número de recuperados supera o de novas infeções.

Os casos ativos em Portugal também registam um decréscimo. Há 102.794 pessoas com o vírus ativo, menos 2.325 em relação a domingo.

Desde março de 2020, Portugal já registou 15.411 mortes associadas à covid-19 e 787.059 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2.

As autoridades de saúde têm em vigilância 131.521 contactos, menos 7.881 relativamente ao dia anterior. Este indicador tem também registado uma descida consistente desde o dia 30 de janeiro.

1 Comment

Leave a Reply