Coordenador da Task-Force garante que não existe qualquer alteração ao plano de vacinação

Em Nacional

Relativamente ao Plano de Vacinação em vigor e às  prioridades nele definidas para a 1ª fase, o Coordenador da Task Force vem esclarecer em comunicado que “não existe qualquer alteração ao estabelecido no Plano em vigor.

O comunicado do coordenador da Task Force surge em resposta ao ruído gerado pela machete do Expresso, que motivou ao longo do dia reações na comunicação social de dirigentes sindicais das forças de segurança, indignados por ser dada prioridade aos maiores de 80 anos e de 50 com doenças associadas.

Machete do Expresso gerou uma onda de indignação de dirigentes sindicais de forças de segurança, inconformados por ser dada prioridade aos mais idosos

Em comunicado, o coordenador da Task-Force salienta que “o Plano define, dentro da presente fase, dois grupos prioritários em função dos seguintes propósitos: Salvar vidas – cidadãos mais vulneráveis em contexto de pandemia, (i) com idade superior a 50 anos e morbilidades associadas e (ii) com idade superior a 80 anos; Conferir resiliência à resposta do Estado, começando pelo setor da saúde e progressivamente alargando a outros setores críticos e essenciais (nomeadamente Forças Armadas, Forças de Segurança e Bombeiros)”. 

Atentas as atuais limitações conhecidas na disponibilidade global de vacinas, a administração das mesmas a estes dois grupos tem sido efetuada à razão de 90% das vacinas disponíveis para cidadãos do primeiro grupo (“salvar vidas”) e 10% para o segundo grupo (“resiliência do Estado em período de pandemia”)”, conclui o comunicado.

Leave a Reply

Recentes de Nacional

Ir para Início
%d bloggers like this: