Projeto-piloto de incentivo à reciclagem – Consumidores entregam 12 milhões de embalagens de bebidas

Em Sociedade

Desde março 2020 já foram entregues mais de 12 milhões de embalagens de bebidas em plástico nas 23 máquinas de recolha automática instaladas em grandes superfícies comerciais em Portugal Continental, para serem recicladas e darem origem a novas garrafas. Depois do sucesso dos primeiros 11 meses, a partir de hoje e até ao próximo dia 15 de setembro, o projeto-piloto “Quando do Velho se Faz Novo, todos ganham. Ganha o Planeta!” entra numa fase exclusiva para donativos às instituições de apoio social selecionadas.

No distrito de Santarém, foram eleitas pelos consumidores duas as associações que vão receber os donativos: PRAVI – Projecto de Apoio a Vítimas Indefesas (Almeirim) e Conferência de S. Vicente Paulo (Entroncamento).

Com uma média de 39.000 embalagens devolvidas por dia, das quais 66% tinham capacidade acima dos 0,5 litros, foram recolhidas cerca de 350 toneladas de PET para reciclagem. Os prémios dados em talão para serem utilizados em compras atingiram os 500.000€, enquanto que o valor de donativos nas 23 máquinas foi de 10.000€. No momento em que estão atingidos os objetivos ambientais deste projeto piloto, a vertente social ganha um novo protagonismo com o projeto a entrar numa fase exclusiva para donativos às 23 instituições selecionadas, uma por cada máquina instalada de norte a sul do país. O projeto cumpre assim outra das suas dimensões: a responsabilidade social associada à consciência ambiental.

O Ministério do Ambiente e da Ação Climática congratula a iniciativa pelos resultados obtidos até à data com este projeto piloto, financiado pelo Fundo Ambiental, e continua a apoiar as respetivas ações.

Com o plástico recolhido nas máquinas, instaladas em grandes superfícies comerciais, serão produzidos materiais reciclados de elevada qualidade para a incorporação em novas garrafas de bebidas, promovendo assim a sustentabilidade ambiental através de uma economia mais circular.

Este projeto é financiado a 100% pelo Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente e da Ação Climática, num montante de 1,655 milhões de euros, e gerido por um consórcio composto pela Associação Águas Minerais e de Nascente de Portugal, Associação Portuguesa das Bebidas Refrescantes Não Alcoólicas (PROBEB) e Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED).

A localização das 23 máquinas de recolha de garrafas bebidas em plástico, bem como toda a informação sobre este projeto-piloto pode ser consultada no site www.dovelhosefaznovo.pt.

O projeto-piloto “Quando do Velho se Faz Novo, todos ganham. Ganha o Planeta!” está a servir de referência para a implementação do futuro sistema de depósito de embalagens de bebidas.

Promover a reciclagem e a economia circular e apoiar quem mais necessita

As instituições eleitas pelos consumidores, através de votação online, para receber os donativos do projeto “Quando do Velho se Faz Novo, Todos Ganham. Ganha o Planeta”, são as seguintes:

  • SER IGUAL – Associação de Serviços Especiais de Reabilitação e Igualdade (Tavira)

Auchan Portimão

Programas terapêuticos destinados a jovens com deficiências profundas para desenvolvimento de competências específicas, permitindo o descanso e usufruto de atividades de lazer ao seu cuidador.

  • Fundação Arcelina Victor dos Santos (Almada)   

Auchan Almada

Apoio à aquisição de caixas destinadas à recolha de alimentos e refeições para entregar a utentes carenciados, contribuindo para a luta contra a fome e carências alimentares e o combate ao desperdício alimentar.

  • CERCISIAGO – Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Crianças Inadaptadas de Sines e Santiago do Cacém

Continente Sines

Apoio a pessoas com dependência, famílias carenciadas e idosos residentes, através de um Banco de Ajudas Técnicas (cadeiras de rodas, camas articuladas, andarilhos, canadianas, entre outros) para melhorar a sua qualidade de vida.

  • Associação Humanitária Bombeiros Voluntários de Paços de Ferreira

Intermaché Paços de Ferreira

Apoio na prevenção e combate a incêndios, o socorro às populações em caso de incêndios, inundações, desabamentos e, de um modo geral, em todos os acidentes, o socorro a náufragos e buscas subaquáticas, o socorro e transporte de acidentados e doentes, incluindo a urgência pré-hospitalar, no âmbito do sistema integrado de emergência médica.

  • APPACDM de Évora

Continente Évora

Prestação de serviços personalizados de reabilitação pessoal, social e profissional a Pessoas com Deficiência e Incapacidades (PCDI).

  • Delegação de Braga da Cruz Vermelha Portuguesa        

Continente Braga

Desenvolvimento de estratégia de comunicação e de materiais de suporte para promover ações que visam incentivar colaboradores e voluntários a adotar comportamentos responsáveis e sustentáveis.

  • Santa Casa da Misericórdia de Santo António de S. Pedro do Sul         

Continente Viseu

Cedência de bens e desenvolvimento de atividades de intervenção social, designadamente de: apoio à infância e juventude, apoio a pessoas idosas, pessoas com deficiência e incapacidade, em situação de necessidade ou de dependência, sem-abrigo e a vítimas de violência doméstica; Apoio à integração social e comunitária, entre outras atividades da economia social.

  • PRAVI – Projecto de Apoio a Vítimas Indefesas (Almeirim)       

Continente Almeirim

Apoio a ações de resgate de animais de rua, garantindo a sua alimentação, cuidados de saúde (vacinação e esterilização/castração) e de segurança (chipagem), tendo por objetivo a adoção de animais resgatados. Saber mais.

  • Santa Casa da Misericórdia de Coimbra – Centro de Apoio à Terceira Idade

Continente CoimbraShopping

Combater as consequências das alterações de vida da pessoa idosa, partindo das suas experiências e competências para “criar novos laços”, fazendo bonecos e outras peças, que serão doadas a crianças carenciadas.

  • Cantinho dos Animais (Évora)

Pingo Doce Évora EN

Apoio ao pagamento de despesas médico-veterinárias contraídas com os animais a cargo da associação, essenciais ao seu bem estar, e posterior encaminhamento para adoção.

  • Associação de Promoção Social da População do Bairro do Aleixo (Porto)

Continente Antas

Promover a participação de crianças de contexto social desfavorecido nas Oficinas Ambiente, proporcionando espaços alternativos de aprendizagem e de experiências pedagógicas.

  • CERCIBEJA – Cooperativa para a Educação, Reabilitação, Capacitação e Inclusão de Beja

Continente Beja

Apoio na compra de um autocarro adaptado para pessoas com cadeiras de rodas, garantindo condições mais modernas e mais seguras para melhor servir os utentes da Instituição.

  • Fundação Betânia (Bragança)

Pingo Doce Bragança

Serviço de Apoio Domiciliário para garantir a satisfação de necessidades básicas das pessoas idosas, tais como higiene pessoal e alimentação, e para combater o isolamento.

  • Instinto – Associação Protetora de Animais da Covilhã  

Continente Covilhã

Desenvolvimento de campanha de esterilização de gatas e gatos de rua com o objetivo de contribuir para o controlo da sobrepopulação de animais de rua e reduzir a possibilidade de contágio de doenças.

  • Associação de Moradores do Complexo Habitacional de Ringe (Santo Tirso)

Auchan Guimarães

Apoio a ações de sensibilização ambiental envolvendo a comunidade local, para abordar temas como a importância da preservação natureza, da floresta e dos respetivos ecossistemas e a economia circular.

  • Conferência de S. Vicente Paulo (Entroncamento)

E. Leclerc Entroncamento

Apoio a famílias carenciadas com cabazes de alimentos, doados mensalmente e roupas a quem delas necessitar.

  • AMAR 21 – Associação de Apoio à Trissomia 21 e Outras Perturbações do Neurodesenvolvimento (Barcelos)  

E.Leclerc Barcelos

Desenvolvimento de ateliers: cozinha, pastelaria, trabalho artístico com métodos de criação de caixas artesanais e pintura, lavandaria, costura e hotelaria, por forma a trabalhar a integração profissional de jovens com deficiência.

  • Associação de Socorros Mútuos Nossa Senhora da Esperança de Sandim e Freguesias Circunvizinhas (Vila Nova de Gaia)       

Continente Gaia Jardim

Apoio a pessoas idosas isoladas e a famílias que estejam a experienciar vulnerabilidades financeiras temporárias e/ou permanentes, dando-lhes acesso a refeições completas em regime de take-away.

  • Comunidade Vida e Paz (Mafra)

Auchan Alfragide

Apoio à substituição de telhado do Centro de Reabilitação e de Inserção da Tomada, a fim de proporcionar mais e melhores condições de habitabilidade e segurança aos utentes que nela estão acolhidos.

  • Associação de Solidariedade Social de Ponte de Sor       

Continente Portalegre

Estrutura residencial para pessoas idosas com estabelecimento para alojamento coletivo, de utilização permanente onde se desenvolvem atividades de apoio social e ocupacionais, cuidados de enfermagem e fisioterapia. Contribuem para a estimulação de um processo de envelhecimento ativo realizado no interior e exterior da instituição e em parceria com outras entidades.

  • CENSO – Centro Social, Cultural e Recreativo de Messegães, Valadares e Sá (Monção)

Continente Monção

Apoio à disponibilização domiciliária de baús itinerantes, compostos por material didático com propostas de atividades personalizadas, para minimizar riscos do isolamento de idosos através de rotinas de atividades cognitivas e de motricidade.

  • CERCIPOM-Cooperativa Ensino Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Pombal, CRL

Continente Leiria

Apoio a pessoas com deficiência e incapacidades, promovendo a autonomia pessoal, social e profissional dos seus clientes, através de um serviço individualizado e abrangente. Oferecem os seguintes serviços: Centro de Atividades Ocupacionais (CAO), Lar Residencial, Centro de Formação Profissional, Centro de Recursos Terapêuticos, Piscina (aberta à comunidade), Intervenção Precoce e Centro de Recursos para a Inclusão (CRI).

  • Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa (APCL)        

Continente Amadora

Apoio a crianças com necessidades educativas especiais e em situação de vulnerabilidade social, realizando sessões terapêuticas e atividades grupais inclusivas no Centro de Equitação Terapêutica (projeto “O Cavalo e Eu”).

Leave a Reply