fbpx

Newsletter

Não perca as últimas. Receba no Email as notícias do Mais Ribatejo

Email Marketing by E-goi

Vídeo – Bloco de Esquerda quer acabar com a impunidade das pecuárias poluidoras

Em Sociedade

O vereador do Bloco de Esquerda na Câmara de Abrantes Armindo Silveira e a deputada deputada eleita pelo Distrito de Santarém Fabíola Cardoso realizaram-se esta segunda-feira, 1 de março, uma visita de trabalho à Quinta da Amieira, no lugar do Marco, no concelho de Abrantes, onde se têm verificado descargas poluentes de uma suinicultura.

Ativista ambiental e vereador do BE na Câmara de Abrantes Armindo Silveira fala ao Mais Ribatejo da poluição provocada pela pecuária na Quinta da Amieira

Em declarações ao Mais Ribatejo, o vereador do Bloco de Esquerda Armindo Silveira exige que a Câmara de Abrantes e o Governo intervenham para acabar com as descargas poluentes da pecuária da Quinta da Amieira, no lugar do Marco, concelho de Abrantes.

Veja aqui a entrevista aomMais Ribatejo com a deputada do BE Fabíola Cardoso

Em entrevista ao Mais Ribatejo, a deputada do Bloco de Esquerda Fabiola Cardoso exige do Governo medidas para resolver os graves problemas de poluição provocados pelas suiniculturas nos distritos de Santarém e Leiria. Após uma visita ao concelho de Abrantes onde se verificam descargas poluentes de uma suinicultura, a deputada exige mais fiscalização no terreno por parte das entidades responsáveis.

A deputada Fabíola Cardoso e o vereador Armindo Silveira viram no terreno a poluição causada pela pecuária no lugar do Marco, Abrantes

Perante novas denuncias de descargas para terrenos e linhas de água e além das intervenções em diversos órgãos onde tem eleitos e eleitas, o Bloco de Esquerda de Abrantes efetuou no dia 1 de março  uma visita de trabalho à Quinta da Amieiro, Lugar do Marco, Abrantes.

Nesta visita ao terreno ouviu a proprietária da quinta, Ana Alves, e um morador local relatarem os graves transtornos  que sofrem desde 2009 fruto das descargas de efluentes e o odor, muitas vezes,   insuportável vindos de uma suinicultura que que está instalada na Quinta da Amieiro que fica próxima.

Por força da sua ação, especialmente nos Distritos de Santarém e Leiria, o Bloco de Esquerda  sabe que estes graves atentados ambientais se repetem em outras explorações. Estas empresas, para terem mais lucro recorrem à exploração em modo intensivo sem qualquer preocupação ambiental e e prejudicando gravemente a qualidade de vidas das populações, refere o Bloco.

 O Bloco de Esquerda afirma que “não aceita que o Governo e as autarquias locais continuem a revelar uma inqualificável passividade perante estes atentados ambientais. E aqui também se enquadra a atuação dos diversos executivos de maioria PS do Concelho de Abrantes pois a sua atuação até fevereiro deste ano era completamente desconhecida chegando a ex-Presidente da Câmara, hoje Ministra da Agricultura,  ao ponto de dizer que a responsabilidade era do Ministério do Ambiente”.

Com o objetivo de contribuir para a resolução destes graves problemas ambientais, no Lugar do Marco, Abrantes, Fabiola Cardoso e outros deputados do BE,  já entregaram na Assembleia da República um conjunto de perguntas dirigidas ao Sr Ministro  do Ambiente e da Ação Climática, entre as quais se destaca a questão de saber quais as diligências que foram tomadas para impedir a ocorrência de descargas;  qual o efetivo dos animais autorizado e que medidas e ações tomou o Governo para descontaminar solos e as águas alvos de descargas?

Armindo Silveira, em nome do Bloco de Esquerda, propôs a redução urgente do efetivo animal da referida suinicultura até um número compatível com a capacidade de tratamento e armazenamento de efluentes com o objetivo de minimizar os graves atentados ambientais,. E enquanto Vereador na Câmara Municipal de Abrantes, comprometeu-se a manter o assunto na ordem do dia até à sua resolução.

Leave a Reply

Recentes de Sociedade

Ir para Início
%d bloggers like this: