Vídeo – Maternidade do Centro Hospitalar do Médio Tejo fecha ano de 2020 com mais partos

Em Saúde

O ano de 2020 ficou marcado, na Maternidade do Centro Hospitalar do Médio Tejo, como o ano em que se ultrapassou os 800 partos. Este número já não era alcançado desde 2014, ano em que se registaram com 801 partos.

No total, em 2020, ocorreram no CHMT 834 nascimentos, sendo o mês de outubro o que registou maior número de nascimentos, com 89. Relativamente ao total do ano de 2019 há um acréscimo de 36 bebés no ano de 2020.

Mesmo em ano de pandemia, o esforço realizadopara adequar a Maternidade do Centro Hospitalar do Médio Tejo ao contexto Covid-19 contribuiu, muito fortemente, para que o Serviço de Obstetrícia do CHMT, fosse procurado por parturientes vindas de outras áreas geográficas, para além da área de influência do Médio Tejo.

De sublinhar que, durante os meses em que a Maternidade esteve temporariamente na Unidade Hospitalar de Torres Novas, a Maternidade do CHMT, em Abrantes, foi requalificada para poder dar uma melhor resposta às grávidas.

As obras de adequação ao contexto Covid-19 executadas na Maternidade e na Unidade de Cuidados Neonatais, na Unidade Hospitalar de Abrantes, reuniram as condições que, desde logo, permitiram que os partos se realizassem com a presença de um acompanhante. Com um circuito diferenciado e estanque é, desta forma, possível que os pais possam acompanhar a grávida nos momentos de trabalho de parto e de nascimento.

Leave a Reply