Comissão de Utentes congratula-se com a ressonância magnética no CHMT, agora quer TAC em Torres Novas

Em Saúde

Foi anunciado esta semana o início do processo para a instalação do equipamento de Ressonância Magnética, no Centro Hospitalar do Médio Tejo, o primeiro do SNS – Serviço Nacional de Saúde no Distrito de Santarém.

Para a comissão de utentes do Médio Tejo, este “foi um processo moroso mas do qual as estruturas de utentes nunca desistiram, publicamente denunciaram os prejuízos para os utentes, financeiros e de saúde, que tinham de se deslocar a Leiria e/ou a Coimbra para fazer ressonâncias”.

A comissão de utentes do Médio Tejo refere que também para o SNS/CHMT acarreta custos elevados dado o número de utentes que tinham de recorrer a tais exames. Sobre o assunto foi lançado um Abaixo-assinado que recolheu milhares de assinaturas, processo interrompido face à Covid-19.

A Comissão de Utentes afirma que “institucionalmente, as estruturas de utentes tiveram um papel importante intervindo nas reuniões do Conselho Consultivo do CHMT, nas reuniões com o CA do CHMT (defensor de uma contínua valorização do CHMT/ SNS), nas reuniões com deputados e autarcas e, até, numa abordagem directa com a actual Ministra da Saúde, quando de uma sua visita ao CHMT”.

Agora, a Comissão de Utentes entende que “é tempo de acelerar o processo da aquisição e instalação de um equipamento TAC no Hospital de Torres Novas. Mais de 4100 utentes subscreveram um abaixo-assinado exigindo a TAC no Hospital de Torres Novas”.

1 Comment

Leave a Reply

Recentes de Saúde

Ir para Início
%d bloggers like this: