PS de Vale de Figueira e S. Vicente do Paul em luta por melhores acessos à internet pelas populações

Em Região

O Núcleo do PS de Vale de Figueira e São Vicente do Paul promoveu no passado sábado, 13 de março, uma iniciativa pública de audição e debate sobre as dificuldades de acesso da população à rede de internet de Vale de Figueira e de São Vicente do Paul. A iniciativa contou com a participação de cidadãos de ambas as localidades, clientes das diversas operadoras, que apontaram as mesmas queixas: falta de capacidade de rede e instabilidade das ligações, afetando severamente as atividades dos utentes da rede.

Deste encontro resulta que, “apesar das reclamações e diligências levadas a cabo pelos clientes das empresas de telecomunicações, estas não têm apresentado alternativas, nem soluções, nem formas de compensação para os prejuízos provocados”.

“Os clientes continuam a pagar fatura após fatura, por um serviço que não corresponde aos mínimos exigíveis: um serviço ADSL, mais caro e com menos capacidade do que as novas gerações de redes de distribuição, que tem registado baixas velocidades de tráfego e quebras sistemáticas de ligação, impedindo aulas online e teletrabalho aceitáveis”, refere o comunicado do PS.

O Núcleo do PS de Vale de Figueira e São Vicente do Paul considera que “estas circunstâncias têm vindo a colocar os clientes em situação precária de acesso a um bem essencial, ao qual têm direito tendo em conta que o pagam. As empresas não apresentaram também nenhuma proposta de compensação para os clientes que têm sido obrigados a investir em equipamentos suplementares para conseguirem a aceder a serviços mínimos, quando é possível”.

Para o PS, “trata-se de uma situação que causa graves prejuízos, especialmente desde o início da pandemia, tendo em conta que puseram em causa o direito à igualdade de acesso à educação, a que todas as crianças têm direito, e os meios de trabalho de centenas de pessoas que se encontram em teletrabalho, situações às quais acresce o direito às comunicações, num período em que as famílias estão isoladas, e o direito ao lazer, já que estão confinadas”.

Assim, o Núcleo do PS de Vale de Figueira e São Vicente do Paul decidiu questionar a Junta da União de Freguesias de São Vicente do Paul e Vale de Figueira sobre as diligências efetuadas com vista à resolução deste problema da população.

O Núcleo do PS de Vale de Figueira e São Vicente do Paul apresentou igualmente uma exposição junto das operadoras de telecomunicações e comunicou ao Governo o estado das comunicações neste território.

Leave a Reply