Parlamento aprova projetos de resolução do BE, PS e PSD sobre a necessidade de requalificação da linha do norte

Em Região

Foram hoje votados em plenário os 3 projetos de resolução apresentados sobre a necessidade de urgente requalificação da Linha do Norte no troço Vale de santarém – Entroncamento apresentados pelo BE, PSD e PS.

Após moções na Assembleia Municipal de Santarém, petições, notícias e reuniões, perguntas a ministros e discussão na Comissão de Economia, Obras Públicas e Habitação, o processo chegou a votação na Assembleia da República. A deputada do Bloco de Esquerda eleita por Santarém Fabíola Cardoso afirma que “impossível que foi a apresentação de uma proposta comum, o Bloco de Esquerda avançou, a 15 de fevereiro com uma proposta sua,  o Projeto de Resolução 957 | XIV | 2 | BE , após a qual o PSD e PS avançaram também com as suas propostas”.

Hoje os 3 projetos foram aprovados na generalidade por unanimidade. Registe-se que dos 3 projetos apenas o projeto do PS não inclui a mudança do traçado da Linha do Norte, afastando-a das populações ribeirinhas da Ribeira de Santarém, Alfange e das instáveis barreiras de Santarém. “Apesar desse facto o Bloco de Esquerda votou favoravelmente, para que o que o texto final comum inclua essa necessidade”, afirma Fabíola Cardoso.

Depois da votação de hoje, os projetos agora aprovados, voltam à Comissão de Economia, Obras Púbicas e Habitação para a elaboração de uma versão final única, que será depois votada.  

“Pela qualidade de vida das pessoas, pelo desenvolvimento económico sustentável, pela coesão territorial e pelo interior, pelas metas de descarbonização com as quais Portugal se comprometeu, pelo ambiente, por um futuro no qual a ferrovia será imprescindível”, defende a deputada do BE.

O Bloco de Esquerda pretende que a Assembleia da Republica recomende ao Governo que “proceda à requalificação do troço Vale de Santarém – Entroncamento, melhorando com urgência a segurança e a qualidade do transporte e resolvendo os problemas nas passagens de nível”.

O BE pretende ainda que se “concretize a alteração do traçado da linha junto à cidade de Santarém, construindo uma nova estação multimodal em Santarém e retirando a linha do comboio de junto do rio Tejo e das povoações ribeirinhas, e se requalifique as estações, nomeadamente a do Entroncamento, que apresenta graves problemas de segurança”.

“É opinião unânime das populações, dos autarcas, especialistas e de todos os partidos políticos que esta obra é essencial”, salienta Fabíola Cardoso. “A ver vamos o que faz depois o Governo perante esta recomendação da Assembleia”, adianta a deputada, salientando que “o distrito de Santarém e todo o interior centro do país esperam a concretização desta obra”.

2 Comments

Leave a Reply