BE apresenta requerimento à Câmara de Santarém – Pela proteção de uma oliveira mais antiga do que Portugal

Em Região

Oliveira milenar dos casais de S. Braz é a árvore mais antiga do distrito de Santarém e aparenta fragilidades que merecem atenção, defende o deputado municipal do Bloco de Esquerda Vítor Franco, num requerimento apresentado na Câmara de Santarém.

Estado atual da oliveira milenária

A árvore mais antiga do distrito de Santarém foi plantada antes da fundação de Portugal, em Casais S. Braz, na freguesia da Romeira, concelho Santarém. Segundo os especialistas, esta Olea Europea tem cerca de mil anos.

Deputado municipal Vítor Franco reclama a atenção da Câmara para o estado da árvore mais antiga do distrito

Segundo o site da Autoridade Florestal Nacional, apreseneta “multitronco subdividido em três, com inserção ao nível do colo e sistema radicular comum. Os troncos são vigorosos e estão completamente retorcidos e são de grande efeito plástico, com inúmeras cavidades, que ramificam fazendo copa comum, ampla, densa e muito frondosa”.

Imagem antiga da oliveira de Casais de S. Braz, classificada de interesse nacional em 1993

Está classificada como Árvore de Interesse Nacional no D. R. n.º 198 de 24/08/1993, sendo considerada a árvore mais antiga do distrito de Santarém.

Já foi “densa e muito frondosa“, já foi objeto de estimação e carinho, mas agora apresenta o estado que as fotos documentam, refere o deputado municipal no requerimento dirigido ao presidente da Câmara este domingo, dia 21 de março:

“Porque celebrar o Dia Mundial da Árvore também é proteger o nosso património, venho por este meio solicitar a V. Exa. que esclareça qual o estado de saúde da oliveira milenar? Está a ser acompanhada por técnicos qualificados? Não é possível melhorar a área envolvente de proteção?”

Leave a Reply